24/07/2024 02:34:50

Polícia
29/05/2024 22:00:00

Deslize: prisão do "rei da maconha" aconteceu após contato com traficantes já monitorados pela polícia

Luiz Antonio Alves de Souza, de 53 anos, conhecido o "Tony", estava foragido de Pernambuco desde 2022 e foi localizado na Bolívia


Deslize: prisão do

Diário de Pernambuco

Foragido há dois anos, Luiz Antonio Alves de Souza, de 53 anos, um dos criminosos mais procurados do estado, foi encontrado após cometer um "deslize".

É o que informou, nesta quarta (29), a Polícia Federal em Pernambuco (PF), integrante das forças segurança envolvidas na captura do homem conhecido como "rei da maconha". 
 
O criminoso foi preso na cidade de Puerto Quijarro, em Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia, no sábado (25), e chegou ao Recife na noite de terça-feira (28).
 
Ainda segundo a PF, "Tony", como ele também é chamado, foi descoberto depois de fazer contato  com criminosos, possivelmene traficantes de drogas e armas, já monitorados pelas forças policiais. 
 
A partir desse contato, foi possível que os agentes da Força Integrada de  Combate do Crime Organizado de Pernambuco (Ficco-PE) localizassem o criminoso recifense, que estava foragido desde abril de 2022. 
 
A Ficco-PE é composta por policiais federais, civis, militares e rodoviários federais, além de penais. 
 
Como aconteceu
 
Em coletiva de imprensa, na manhã desta quarta (29), o Delegado Regional da Polícia Judiciária, Márcio Tenório, contou em detalhes como aconteceu o caso. 
 
Após as notícias de que "Tony" havia saído do país, pela fronteira em Mato Grosso, ele foi incluído na lista vermelha de procurados da Interpol e não estava mais sendo procurado pela polícia no Brasil.
 
“Nós não tínhamos informações de que ele etava  atuando com organizações criminosas daqui. A gente sabia que ele tinha fugido  do país, o colocamos na Interpol e algum dia iríamos encontrá-lo,” relembrou o delegado. 
 
Foi por meio de um cruzamento de dados de outras investigações, em que Tony da Maconha não era o alvo, que o serviço de inteligência localizou o criminoso. 
 
“No meio dessas investigações, Tony fez o contato com alguém que estávamos monitorando. A gente o identificou e conseguimos chegar até ele”, contou. 
 
Ação
 
A captura foi feita no sábado, após uma celebração de Dia das Mães na escola de seus filhos.
 
A captura de Tony contou com o apoio da Força Especial de Combate ao Narcotráfico (FELCN), na Bolívia. 
 
“Na nossa visão, ele estava de alguma forma praticando crimes de lá. Acreditamos que seja tráfico de armas. A maioria das armas ilegais vem do Paraguai ou da Bolívia. É muito provável que ele estava negociando uma remessa para o Brasil”, finaliza. 
 
Tony ou "rei da maconha" agora responde pelos crimes de uso de documento falso e falsificação de documento público, roubo e assalto a bancos, porte ilegal de arma de fogo de calibre restrito, além de tráfico de drogas.
 
 


Enquete
De 0 a 05 classifique o que você acha da Verde a Concessionária de Água e Esgotos em União dos Palmares
Total de votos: 109
Notícias Agora
Google News