23/06/2024 15:43:17

Acidente
04/05/2024 15:00:00

Caso Braskem: DPE pede o sequestro e a indisponibilidade dos imóveis afetados


Caso Braskem: DPE pede o sequestro e a indisponibilidade dos imóveis afetados

Folha de Alagoas

A Defensoria Pública do Estado de Alagoas, por meio do Núcleo de Proteção Coletiva, requereu, nesta semana, a sua habilitação como assistente de acusação no processo criminal movido em desfavor da Braskem.

Além disso, requereu a aplicação de medidas assecuratórias no sentido de que seja decretado o sequestro e a indisponibilidade de toda a área afetada pela mineração da Braskem, que ficou com a posse e propriedade da região.

Para os Defensores Públicos Daniel Alconforado, Lucas Valença e Ricardo Melro, signatários da peça, “a medida é plenamente justificável, uma vez que tais bens imóveis provieram de lucros ilícitos auferidos pela Braskem ao longo de décadas de exploração mineral à margem da lei, que gerou lucros extraordinários à empresa. Vale dizer: o ilícito não deve ser lucrativo”, informaram.

Os defensores salientam que tais bens não podem ser um ativo da empresa, visto que ela forçou a situação de desocupação, assim como chamaram atenção para o fato de que a empresa ré é, atualmente, a maior proprietária de área urbana de Maceió, de modo que a transferência desta área para terceiros que adquirirem o controle societário da Braskem pode causar ainda mais prejuízo à coletividade.

/Redação, com Assessoria



Enquete
Se a Eleição municipal fosse agora em quem você votaria para prefeito de União dos Palmares?
Total de votos: 386
Notícias Agora
Google News