23/05/2024 19:14:30

Acidente
05/04/2024 23:00:00

Programa Pescadores do Mel apoia apicultores de Maceió e Coqueiro Seco

Criado há 18 anos, o programa incentiva a formação de uma nova profissão para pescadores da região, que podem ter um acréscimo na renda de até R$ 2.100 reais por mês


Programa Pescadores do Mel apoia apicultores de Maceió e Coqueiro Seco

Tribuna Hoje

Mais uma turma de pescadores de Maceió e Coqueiro Seco foi beneficiada pelo Projeto Pescadores do Mel, uma iniciativa apoiada pela Braskem e desenvolvida em parceria com a Uniprópolis. A turma que se formou em março agora tem a oportunidade de exercer a atividade produtiva de mel e própolis vermelhas, que é exclusiva de Alagoas, representando um significativo aumento na renda mensal de até 2.100 reais.

Há 18 anos, o programa capacita pescadores de Alagoas para uma nova ocupação que aumente as suas oportunidades de renda, além de incentivar a divulgação da cultura do mel e da própolis em Alagoas. A nova turma também contou com a participação de apicultores que já haviam se formado e necessitavam de reciclagem.

Aluna do programa, Evaraldete Lima, de 49 anos, moradora de Fernão Velho, enxergou uma oportunidade de aprender um novo ofício. “O Programa Pescadores do Mel me fez ver as coisas com outros olhos, agora entendo a importância das abelhas e que com elas eu posso aumentar a minha renda. A apicultura é uma prática que deve ser transmitida e quero me aprimorar cada vez mais na área, além de compartilhar meu conhecimento com a minha comunidade”, disse ela.

Evaraldete e os demais alunos encerraram o curso e a reciclagem com todos os equipamentos de segurança e materiais necessários para o início das suas produções de mel e própolis vermelha. Foram 42 caixas de apicultor, 14 equipamentos de proteção individual com macacão, botas e luvas, 14 fumigadores e 84 kg de cera alveolada.

O gerente de relações institucionais da Braskem em Alagoas, Milton Pradines, ressalta que o programa é uma iniciativa relevante para a criação de mais postos de trabalho e renda. “O programa forma pessoas na atividade de apicultura e possibilita desenvolver toda uma cadeia produtiva do mel e da própolis vermelha, única e de Alagoas. É um trabalho de fortalecimento para o crescimento de mais um setor na economia do estado”, disse ele.

“O programa Pescadores de Mel nasceu para apoiar o desenvolvimento da apicultura em Alagoas, na produção do mel e da própolis vermelha, uma substância única do mundo produzida aqui no estado,” contou o engenheiro Mário Calheiros, presidente da Uniprópolis. Ele destacou ainda a importância das propriedades do mel e da própolis para a saúde e o desenvolvimento tecnológico para a formação de fármacos que possibilitam, através da pesquisa, o combate a doenças como o câncer de boca.

Desde 2006, o programa beneficiou mais de 1.600 pessoas nos municípios de Maceió, Barra de São Miguel, Marechal Deodoro, Coqueiro Seco e Roteiro, oferecendo uma alternativa para os pescadores que vivem em torno da lagoa e que não podem pescar durante a época do defeso. Iniciativas como o Pescadores de Mel são importantes para o fortalecimento das comunidades, pois apoiar temáticas que proporcionam a geração de renda e o compartilhamento de conhecimento possibilitam desenvolver toda a sociedade.

 



Enquete
Se a Eleição municipal fosse agora em quem você votaria para prefeito de União dos Palmares?
Total de votos: 65
Notícias Agora
Google News