14/04/2024 03:49:56

Acidente
24/02/2024 12:00:00

Saque-aniversário do FGTS: veja quando sacar o dinheiro em 2024

Calendário está aberto desde janeiro; modalidade impede saque em caso de demissão sem justa causa


Saque-aniversário do FGTS: veja quando sacar o dinheiro em 2024

A Caixa Econômica Federal divulgou o calendário do saque-aniversário do FGTS 2024, permitindo aos trabalhadores que têm carteira assinada retirar parte de seu saldo no Fundo de Garantia anualmente, no mês de seu aniversário.

Confira o calendário do saque-aniversário do FGTS 2024:

  • Nascidos em janeiro: saque de 2 de janeiro a 29 de março
  • Nascidos em fevereiro: saque de 1º de fevereiro a 30 de abril
  • Nascidos em março: saque de 1º de março a 31 de maio
  • Nascidos em abril: saque de 1º de abril a 28 de junho
  • Nascidos em maio: saque de 2 de maio a 31 de julho
  • Nascidos em junho: saque de 3 de junho a 30 de agosto
  • Nascidos em julho: saque de 1º de julho a 30 de setembro
  • Nascidos em agosto: saque de 1º de agosto a 31 de outubro
  • Nascidos em setembro: saque de 2 de setembro a 30 de novembro
  • Nascidos em outubro: saque de 1º de outubro a 29 de dezembro
  • Nascidos em novembro: saque de 1º de novembro a 31 de janeiro de 2025
  • Nascidos em dezembro: saque de 2 de dezembro a 28 de fevereiro de 2025

O cálculo do saque-aniversário do FGTS é determinado da seguinte forma:

  • Até R$ 500: 50% do saldo
  • De R$ 500,01 a R$ 1.000: 40% do saldo mais R$ 50
  • De R$ 1.000,01 a R$ 5.000: 30% do saldo mais R$ 150
  • De R$ 5.000,01 a R$ 10.000: 20% do saldo mais R$ 650
  • De R$ 10.000,01 a R$ 15.000: 15% do saldo mais R$ 1.150
  • De R$ 15.000,01 a R$ 20.000: 10% do saldo mais R$ 1.900
  • Acima de R$ 20.000,01: 5% do saldo mais R$ 2.900

Como funciona o saque-aniversário do FGTS?

A adesão ao saque-aniversário é voluntária e pode ser feita pelo site da Caixa ou nas agências do banco. Optando por essa modalidade, o trabalhador deixa de ter acesso ao saldo completo do FGTS em caso de demissão sem justa causa. Se desejar voltar ao saque-rescisão, é preciso aguardar dois anos.

Para aderir ao saque-aniversário do FGTS, o trabalhador pode utilizar o aplicativo oficial do FGTS, disponível para dispositivos Android e iOS, ou dirigir-se às agências da Caixa Econômica Federal. A opção precisa ser feita até o último dia do mês de aniversário para receber o dinheiro no mesmo ano; caso contrário, o saque será no ano seguinte.

Os valores ficam disponíveis para retirada até o último dia útil do segundo mês subsequente ao do aniversário. Se não for retirado nesse prazo, o dinheiro volta para a conta do FGTS do trabalhador.

Para fazer o saque-aniversário, a Caixa recomenda utilizar o aplicativo FGTS, no qual o trabalhador pode programar a transferência do dinheiro para qualquer conta em seu nome, sem custo. As retiradas também podem ser feitas em casas lotéricas, terminais de autoatendimento com senha do Cartão Cidadão ou nos correspondentes Caixa Aqui, mediante apresentação de documento de identificação.

É importante notar que ao optar pelo saque-aniversário, o trabalhador deixa de receber o valor total depositado pela empresa em caso de demissão sem justa causa, recebendo apenas a multa rescisória de 40%. No entanto, as demais possibilidades de saque do FGTS, como para compra de imóveis, aposentadoria e doenças graves, não são afetadas.

O trabalhador pode desistir do saque-aniversário a qualquer momento e voltar à modalidade tradicional (saque-rescisão), mas terá que esperar dois anos para poder sacar o saldo da conta no FGTS, mesmo em caso de demissão.

economia.ig.com.br



Enquete
Na Eleição de outubro, você votaria nos candidatos da situação ou da oposição?
Total de votos: 19
Notícias Agora
Google News