28/02/2024 17:09:44

Geral
12/02/2024 23:00:00

Ala Antirracista no Bloco Nêga Fulô: estratégia de conscientização para combater o racismo no Carnaval de Maceió.


Ala Antirracista no Bloco Nêga Fulô: estratégia de conscientização para combater o racismo no Carnaval de Maceió.

Neste domingo (11), a Prefeitura de Maceió realizou mais uma ação da Campanha Maceió é Massa sem Racismo, levando a Ala Antirracista para a orla da Pajuçara e Ponta Verde, como parte das atividades da Comissão de Igualdade Racial. A iniciativa teve como objetivo conscientizar a sociedade sobre a importância de combater o racismo em todos os lugares.

A Ala Antirracista foi pioneira e trabalhou o tema “Racismo não é fantasia de Carnaval”. Arisia Barros, coordenadora de Igualdade Racial da Prefeitura de Maceió, ressaltou a importância da ação na luta contra o racismo. Segundo Arisia, “Estamos ocupando a rua e levando conscientização para as pessoas. É preciso sim respeitar as diferenças, a busca pela liberdade passa por este respeito. A Ala foi aberta para quem quer se aliar a causa, pessoas que entendem que o racismo é perverso e precisa ser combatido”.

O secretário municipal de Cultura e Economia Criativa, Dr. Cleber Costa, prestigiou o desfile e destacou a importância de discutir pautas importantes mesmo durante o Carnaval. “O Carnaval também é sim local para se discutir pautas importantes. Estamos aqui falando sobre combate ao racismo, respeito e inclusão”, afirmou.

Durante o desfile do bloco, foram distribuídos materiais educativos da campanha Maceió é Massa sem Racismo. Além disso, intérpretes traduziram marchinhas e músicas de Carnaval para a Linguagem Brasileira de Sinais (Libras), promovendo a inclusão e acessibilidade no evento.

O Bloco Nega Fulô, criado por Carlito Lima em 2016, tem se destacado por trabalhar temas importantes e levar discussões para a avenida. O grupo desfilou ao lado dos Bonecos Gigantes e dos blocos Jararaca, Forrozeiros na Folia e Só vai quem chupa, reforçando a mensagem de inclusão e respeito durante as comemorações de Carnaval.

Vânia Gatto, representante do Coletivo de mulheres pretas periféricas, ressaltou a importância da Ala Antirracista e do trabalho de conscientização contra o racismo. Segundo Gatto, “Ter esta ala e o trabalho de conscientização contra o racismo é fundamental nesta luta por igualdade e respeito. No Carnaval muita gente ainda usa fantasias que fazem referência ao racismo e isso precisa ser combatido”.

Dessa forma, a iniciativa da Prefeitura de Maceió em levar a Ala Antirracista para a orla durante o Carnaval reforça o compromisso do município com o combate ao racismo e a promoção da igualdade e inclusão em todos os eventos da cidade.

Repórter Maceió



Enquete
Se fosse fosse gestor, o que você faria em União dos Palmares: um campo de futebol ou a barragem do rio para que não falte agua na cidade?
Total de votos: 59
Notícias Agora
Google News