28/02/2024 16:14:21

Acidente
10/02/2024 21:00:00

Sesau disponibiliza 2 milhões de preservativos para os municípios de Alagoas no Carnaval


Sesau disponibiliza 2 milhões de preservativos para os municípios de Alagoas no Carnaval

Daniel Tavares 

Dois milhões de preservativos masculinos e femininos foram disponibilizados pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) para os 102 municípios de Alagoas durante o período carnavalesco deste ano. O órgão recebeu os insumos do Ministério da Saúde (MS) e os disponibilizou às Secretarias Municipais de Saúde (SMSs), conforme a necessidade apresentada ao Programa Estadual de Combate às Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs).

Mensalmente Alagoas recebe mais de 1 milhão de preservativos do Ministério da Saúde (MS), mas, durante o Carnaval, a quantidade disponível para os municípios é ampliada. O objetivo é garantir a segurança de todos os foliões durante o período carnavalesco e, para isso, além das camisinhas, são disponibilizados gel lubrificantes íntimos.

O farmacêutico Paulo Roberto, do Programa Estadual de Combate às ISTs, explicou que a Sesau começou a preparar o estoque de preservativos para o Carnaval em meados de novembro do ano passado. “Essa quantidade é suficiente para atender as nossas cotas mensais para cada município, bem como, para suprir as cotas extras que os municípios solicitam nesta época do ano. As relações sexuais devem ocorrer com segurança e, para isso, os preservativos estarão acessíveis”, destacou o profissional.

Para ter acesso aos preservativos masculinos e femininos, basta se dirigir às Unidades Básicas de Saúde (UBSs) municipais e, durante o Carnaval, muitos municípios montam postos volantes para distribuir para distribuí-los. Em caso de dúvidas sobre onde retirá-los, basta ligar para o Disque Saúde, no número 136.

Paulo Roberto ainda chamou a atenção para a importância de priorizar a segurança durante as relações sexuais. “O preservativo é o principal meio de prevenção contra as ISTs. Prevenir sempre é o melhor remédio e as pessoas precisam colocar o cuidado sempre em primeiro plano, para que o prazer não gere problemas sérios depois”, afirmou o farmacêutico.

O secretário de Estado da Saúde, médico Gustavo Pontes de Miranda, frisou que o acesso facilitado aos preservativos garante a proteção de todos. “O uso da camisinha, em todas as relações sexuais, é o método mais eficaz para proteção contra o HIV e outras ISTs. Não há desculpa para não se proteger. Cuidar da saúde sexual também é muito importante”, afirmou o titular da pasta.

ISTs- As ISTs aparecem, principalmente, no órgão genital, mas também podem surgir em outras partes do corpo, como palma das mãos, olhos ou língua. Elas podem se manifestar por meio de feridas, corrimentos e verrugas nas genitálias, entre outros possíveis sintomas, como dor pélvica, ardência ao urinar, lesões de pele e aumento de ínguas.

Ao perceber qualquer sinal ou sintoma, a recomendação é procurar o serviço de saúde, independentemente de quando foi a última relação sexual. É importante que não haja automedicação e que o tratamento seja prescrito por um profissional de saúde habilitado.

Correio dos Municipios



Enquete
Se fosse fosse gestor, o que você faria em União dos Palmares: um campo de futebol ou a barragem do rio para que não falte agua na cidade?
Total de votos: 58
Notícias Agora
Google News