05/03/2024 02:32:11

Acidente
08/02/2024 09:00:00

Fluência em Leitura: Educação de Maceió tem crescimento de 54% entre 2021 e 2023


Fluência em Leitura: Educação de Maceió tem crescimento de 54% entre 2021 e 2023

Entre os cinco maiores municípios de Alagoas, Maceió é o que teve o melhor resultado na Avaliação de Fluência em Leitura realizada em 2023, com 55% de estudantes do 2º ano do Ensino Fundamental no quesito leitores iniciantes e fluentes. A análise do desempenho é feita pela Associação Bem Comum e a Lyceum Consultoria, a partir da Parceria pela Alfabetização em Regime em Colaboração (PARC).

O relatório foi apresentado nesta semana à Secretaria Municipal de Educação de Maceió (Semed). O documento aponta ainda que, entre 2021 e 2023, aumentou em 54% (o maior crescimento entre os cinco municípios) o índice de participação e desempenho alcançado pelos estudantes (do 2º ano) na Fluência em Leitura.

A secretária de Educação, Jó Pereira, destacou que o resultado foi alcançado graças, também, ao Programa Alfabetiza Maceió. Lançado em setembro de 2021, pelo prefeito JHC, o Programa visa capacitar professores do 1º ao 5º ano, para que os estudantes sejam alfabetizados na idade certa (até sete anos), apresentando plena fluência nas habilidades na leitura e escrita.

“Esses resultados só nos estimulam a trabalhar ainda mais pela Educação. Temos enfrentado enormes e históricos desafios na pasta, mas eles nos motivam para que possamos avançar, cada vez mais, na qualidade do ensino oferecido aos nossos estudantes, com união de esforços, capacitações técnicas e planejamento. Continuaremos trabalhando para que a educação possa transformar, positivamente, a vida de cada família maceioense, alagoana. Esse é o meu compromisso e o compromisso do prefeito JHC, que sempre priorizou e apoiou a educação”, afirmou Jó.

Planejamento para 2024

Durante a apresentação dos resultados da Avaliação de Fluência, a subsecretária de Gestão Pedagógica da Semed, Maria Vilma, falou um pouco sobre o reforço que o Alfabetiza Maceió terá agora, em 2024, a exemplo do acompanhamento técnico-pedagógico para as turmas de 1° e 2° anos; laboratórios para a recomposição de aprendizagem dos estudantes não alfabetizados do 3° ao 9° anos; e encaminhamentos para a correção do fluxo escolar para os estudantes que não alcançaram a aprendizagem de acordo com a idade e ano escolar adequado.

“Também aplicaremos, bimestralmente, avaliações de fluência leitora e escritora, para o acompanhamento do aprendizado, e intervenções contínuas nas práticas pedagógicas. E para impulsionar os resultados de aprendizagem em todas as instituições escolares da rede municipal, teremos a lotação de Articuladores de Aprendizagem em cada escola”, explicou Maria Vilma.

A subsecretária destacou ainda que, para efetivação das ações planejadas, terá continuidade a parceria entre o Município, a Associação Bem Comum e a Lyceum Consultoria, no desenvolvimento do programa Educar pra Valer, como ação estruturante do Alfabetiza Maceió.

*Secom Maceió

Alagfoas Alerta



Enquete
Se fosse fosse gestor, o que você faria em União dos Palmares: um campo de futebol ou a barragem do rio para que não falte agua na cidade?
Total de votos: 62
Notícias Agora
Google News