05/03/2024 01:23:46

Acidente
03/02/2024 03:00:00

Homem que atirou contra carro de companheira de Kátia Born é o mesmo que agrediu advogadas em AL


Homem que atirou contra carro de companheira de Kátia Born é o mesmo que agrediu advogadas em AL

Um homem identificado como Carlos André César de Miranda foi preso na noite desta quinta-feira (1), sob suspeita de atirar no carro da companheira da ex-prefeita de Maceió e atual secretária de Estado da Assistência e Desenvolvimento Social, Kátia Born, em um condomínio no bairro de Guaxuma, Litoral Norte da capital, onde ambos residem. Ele é o mesmo homem que gravou vídeos agredindo verbalmente duas advogadas de Alagoas no último sábado.

Segundo a Polícia Civil, o suspeito, de 56 anos, foi preso em flagrante e conduzido para a Central de Flagrantes, onde foi autuado pelos seguintes crimes: disparo de arma de fogo, porte ilegal de arma, acessório ou munição de uso permitido, injúria racial, dano qualificado e perseguição cometida contra mulher por razões da condição do sexo feminino. Ainda de acordo com a PC, ele está no fórum para audiência de custódia.

Imagens de uma câmera de segurança mostram o momento em que o suspeito teria conduzido a Mercedes, parando próximo à casa da ex-prefeita e efetuado disparos. O tiro atingiu o parabrisa traseiro do carro.

Em entrevista à Gazetaweb, a secretária Kátia Born disse que está sofrendo uma série de ameaças e ataques homofóbicos nas redes sociais por parte dele, desde dezembro do ano passado.

“Ele mora atrás da minha residência, e eu passei a receber dele uma série de publicações com conteúdo homofóbico nas minhas redes sociais. Os ataques atingem a mim, ao Ronaldo [Lessa – vice-governador] e a muitas outras pessoas. Ele vive me esculhambando e eu nem o conheço. Fui à delegacia, à época, e fiz um BO porque não iria brigar com ele”, relatou a secretária à Gazeta.

Dias depois, Kátia disse que por volta das 4 horas da manhã, ele estava buzinando e acelerando com o carro dentro do condomínio. Como providência, avisou na delegacia o que considerou como sendo uma nova intimidação.

Ontem, quando ela chegou em casa, recebeu várias ligações dizendo que o carro da companheira, que estava na porta, tinha sido atingido por tiros. “Fiquei muito assustada e fiz contato com a polícia, que fez a análise e prendeu o suspeito”, contou.

Agressão contra advogadas

Duas advogadas de Alagoas, Paula Falcão e Tálita Baêta, foram agredidas verbalmente no último sábado por um homem que gravou um vídeo e divulgou nas redes sociais. Além delas, o homem também proferiu xingamentos contra advogados de maneira geral, utilizando termos como ‘vagabundos’ e ‘cara de pau.’

Nesta quinta-feira, o Eufêmea recebeu – via redes sociais – um novo vídeo dele no qual afirmou possuir um atestado de ‘problema de desequilíbrio’ e pediu desculpas a alguns advogados. No entanto, ele ressaltou que mantém sua posição contra as advogadas envolvidas na ação.

“É coisa de advogado vagabundo, sem escrúpulos. Ela poderia ter ligado para mim e feito um acordo, mas para querer roubar e lesar homem de bem, essas duas moças, serão processadas por calúnia, injúria e difamação”, disse ele em um vídeo.

Cada Minuto



Enquete
Se fosse fosse gestor, o que você faria em União dos Palmares: um campo de futebol ou a barragem do rio para que não falte agua na cidade?
Total de votos: 62
Notícias Agora
Google News