21/06/2024 01:22:56

Acidente
08/11/2023 13:00:00

Verde Alagoas é multada em R$ 500 mil por esgoto na praia de Maragogi


Verde Alagoas é multada em R$ 500 mil por esgoto na praia de Maragogi

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Recursos Hídricos multou em R$ 500 mil a concessionária de saneamento Verde Alagoas, que atua na região norte do estado, pelo lançamento de esgoto diretamente na praia do centro de Maragogi, município conhecido por suas belezas naturais.

A situação foi gravada por moradores e turistas, revoltando também as pessoas na internet nesta terça-feira (7). A secretaria disse que recebeu com profunda tristeza a denúncia e reforçou que o esgotamento sanitário municipal é de inteira responsabilidade da empresa.

Uma equipe da prefeitura, então, foi enviada ao local e observou o despejo irregular de efluentes sanitários. Por isso, autuou a Verde Alagoas por infração ambiental gravíssima e a notificou para fazer a manutenção na rede.

“Foi constatado que havia ali uma by-pass que liga a rede de drenagem pluvial à rede de esgotamento sanitário, além disso, também foi constatado que a estação elevatória não estava funcionando no momento, o que acarretou na sobrecarga da rede e transbordo dos efluentes, levando assim ao despejo de esgoto na rede de drenagem pluvial”, diz a secretaria.

O secretário e vice-prefeito Gabriel Vasconcelos também se posicionou: “Constatamos o grande crime ambiental cometido pela Verde Alagoas, que presta um péssimo serviço de saneamento básico no nosso município. Multamos em 500 mil reais e exigimos uma solução o mais rápido possível para o problema.”

“Problemas como esses não poderão mais acontecer, principalmente num município como o nosso, com um grande potencial turístico. Os responsáveis vão pagar o preço, podem ter certeza”, completou ele.

Explicação

A Verde Alagoas emitiu nota de esclarecimento, na qual cita que o episódio registrado em Maragogi está relacionado com a interligação de redes pluviais na rede de esgoto e ligações irregulares, já constatado em mapeamento realizado pela empresa, nas residências próximas a região.

“Diante do crescimento desordenado e do uso irregular, ligações clandestinas podem descartar esgotos não tratados nas galerias pluviais, que em dias de fortes chuvas, fazem com que estes resíduos sejam direcionados ao mar.

De acordo com a legislação, os órgãos municipais são responsáveis pela fiscalização dessas irregularidades no sistema de drenagem junto aos imóveis, bem como a aplicação de eventuais sanções.

A Verde Alagoas reforça que o sistema de esgotamento sanitário da região encontra-se em plena operação. A empresa também atua diariamente para que a infraestrutura de saneamento, nos municípios atendidos, esteja em conformidade com os padrões de qualidade e sustentabilidade”, afirma a empresa.

Fonte Folha de Alagoas 
 
 


Enquete
Se a Eleição municipal fosse agora em quem você votaria para prefeito de União dos Palmares?
Total de votos: 383
Notícias Agora
Google News