19/07/2024 21:09:02

Acidente
06/11/2023 21:00:00

Professores da Ufal estão na lista dos cientistas mais influentes do mundo


Professores da Ufal estão na lista dos cientistas mais influentes do mundo

A Universidade Federal de Alagoas (Ufal) foi mais uma vez citada com a inclusão de três pesquisadores na lista de cientistas mais influentes do mundo. A lista, elaborada pela Stanford University, é uma das mais conceituadas no meio acadêmico e conta com a colaboração da editora Elsevier BV. A sexta versão atualizada da lista, publicada em 04 de outubro de 2023, inclui os 100.000 pesquisadores mais influentes globalmente, e dentre eles, 1.249 brasileiros.

Vinculados à Ufal, foram citados os professores Osvaldo Rosso, que atua no Laboratório de Computação Científica e Análise Numérica (LaCCAN); o professor Glauber Silva, coordenador do Grupo de Acústica Física e Microfluídica ( GAFM ) e o professor Carlos Dornels, do Colegiado do Programa de Pós-Graduação em Ensino e Formação de Professores (PPGEFOP), do Campus Arapiraca.

A lista é considerada uma referência em termos de reconhecimento no campo científico, pois é baseada em critérios rigorosos. Os cientistas são classificados com base em métricas como citações, índice h, índice hm ajustado de coautoria e outras estatísticas relacionadas ao impacto de suas pesquisas. Além disso, são classificados em 22 campos científicos e 176 subcampos, proporcionando uma visão abrangente das contribuições de cada pesquisador.

Osvaldo Rosso

O professor Osvaldo Rosso é um especialista em análise de séries temporais, dinâmica não-linear, teoria wavelet e teoria da informação, com aplicações em campos como Física, Biologia, Medicina e Economia. Suas pesquisas têm impactado positivamente no tratamento de doenças como epilepsia e Alzheimer. Atualmente, sua equipe está investigando aplicações relacionadas ao Parkinson.

Osvaldo Anibal Rosso é argentino e integra o corpo docente da Ufal desde 2017. O professor é um acadêmico com ampla experiência internacional, tendo passado por instituições na Alemanha, Itália, China e Austrália. Sua inclusão na lista dos cientistas mais influentes do mundo por três vezes consecutivas reflete não apenas a quantidade de seus artigos, que totalizam cerca de 46 atualmente, mas também o impacto real de suas pesquisas no avanço do conhecimento científico e na solução de problemas de saúde complexos.

O professor Rosso também destaca o orgulho de colaborar com outros pesquisadores de destaque, como a professora Fernanda Matias, que, no final de 2022, recebeu o Prêmio L’Oréal Brasil para Mulheres na Ciência. “Tenho colaborado em pesquisas em várias universidades pelo mundo, mas considero que aqui no LaCCAN eu encontrei o meu lugar no mundo”, relata o pesquisador que vai fazer 70 anos.

Glauber Tomaz Silva

O pesquisador e professor do Instituto de Física (IF), Glauber Tomaz Silva, foi incluído pela terceira vez consecutiva na lista da Stanford. Ele é doutor em Ciência da Computação e pós-doutor em Dinâmica de Fluidos pelo Instituto de Matemática Pura e Aplicada (Impa) e Universidade Técnica da Dinamarca. Glauber coordena o Grupo de Acústica Física.

Em 2022, o professor Glauber Silva foi convidado pela Universidade de Lille, na França, para desenvolver atividades de pesquisa na área de acustofluídica. A missão científica aconteceu no Institut d’Életronique de Microéletronique et de Nanotechnologie (IEMN), considerado o maior centro de pesquisas em nanotecnologia do país europeu.

O professor Glauber atua na área de Acustofluídica, desde 2015. “Neste campo, utilizamos ondas de ultrassom em estruturas microfluídicas tão delicadas quanto um fio de cabelo para a manipulação de células e nanopartículas. Estabelecemos colaborações com grupos de pesquisa da Ufal, USP, França e Estados Unidos. Além disso, temos uma spinoff chamada IntacLab, uma startup dedicada à fabricação de chips de microfluídica com materiais poliméricos. Esta empresa tem sido uma parceira em pesquisas aplicadas nas áreas de engenharia biomédica e ciências da vida”, relata ele.

Como pesquisador da Ufal, ele comemora o reconhecimento alcançado que reflete positivamente para a instituição. “É importante o reconhecimento do trabalho dos professores-pesquisadores no âmbito internacional. Esse destaque serve dentre outras coisas para mostrar à sociedade sobre a importância e o valor das pesquisas desenvolvidas na Ufal em nível internacional. Naturalmente, esse resultado traz um impacto muito positivo na minha carreira de pesquisador”, ressalta Glauber.

Carlos Dornels

O professor e pesquisador Carlos Dornels é professor vinculado à Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), mas também tem vínculo com a Ufal, como membro do colegiado do Programa de Pós-graduação Stricto Sensu em Ensino e Formação de Professores, do Campus Arapiraca. O mestrado foi aprovado em 2019, com o objetivo de “proporcionar aperfeiçoamento teórico e prático relativo aos processos de ensino e de aprendizagem que impacte diversos atores sociais”.

Dornels é fisioterapeuta sanitarista e epidemiologista. Ele é doutor em Saúde Pública, área de concentração “Epidemiologia e controle de agravos à saúde”, pela Fundação Oswaldo Cruz, e tem um vasto campo de atuação e de pesquisa na área de Saúde Pública, incluindo Epidemiologia das doenças e agravos de interesse para a saúde pública e seus determinantes e condicionantes socioeconômicos; Vigilância em saúde e ambiente e suas tessituras; Monitoramento epidemiológicos de doenças e agravos em grupos vulneráveis. Ele também é criador do Projeto OASIS- Observatório de Análise Situacional em Saúde (em implantação na UNIVASF).

Atualmente, ele integra vários projetos de pesquisa, entre eles: :Associação entre o Processo de Urbanização, o Risco Cardiovascular e Doença Cardiovascular Subclínica em Populações Indígenas da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco: Efeitos das Barragens e Transposição do São Francisco; Saúde no Brasil: Aspectos epidemiológicos, determinantes sociais da saúde e vulnerabilidades.; e Transmissão oculta da Hanseníase em área de Alta vulnerabilidade social do nordeste do Brasil.

/Ascom Ufal

Fonte Folha de Algoas



Enquete
De 0 a 05 classifique o que você acha da Verde a Concessionária de Água e Esgotos em União dos Palmares
Total de votos: 21
Notícias Agora
Google News