25/02/2024 05:07:06

Acidente
29/10/2023 09:00:00

A abandonada Colônia Penal Agrícola Santa Fé em União dos Palmares e a extensão da UFAL

Distância entre o local e a cidade é de 4 quilômetros; fantástica estrutura está abandonada e deteriorada


A abandonada Colônia Penal Agrícola Santa Fé em União dos Palmares e a extensão da UFAL

Em publicação na imprensa local o prefeito de União dos Palmares foi alvo dos holofotes e atenções ao lado do senador Renan Calheiros, do deputado Rafael Brito e do vereador Sandro Jorge no momento em que era feita uma reivindicação aos órgãos competentes de uma extensão da UFAL para União dos Palmares.

Paralelamente a aspiração do gestor municipal acontecia o pedido de demolição da Colônia Agrícola Penal Santa Fé pelo promotor de Justiça da 1ª. Vara da Infância e da Juventude da Comarca de União dos Palmares, Dr. Lucas Sachida, que ajuizou uma ação pedindo a demolição das instalações, cujo processo recebeu o número 06.2019.00000304.9. A argumentação do MP seria preservar os menores que residem no local e estariam que estariam recebendo ‘possíveis abusos sexuais’

A luz verdadeira dos fatos podem ser adversas a suas Excelências por fatores relacionados as suas intenções: o primeiro, é o  desvio do IFAL que seria localizado na margem da BR-104 (no primeiro acesso viário a cidade em terreno já doado pelo empresário João Lyra em vida e onde hoje está sendo construído um campo de futebol) para Murici e o segundo que o  Ministério Público solicitou a interdição da Cadeia Pública, foi atendido e hoje a atitude tem causado problemas com a desmobilização da estrutura policial local (onde funcionava uma Delegacia Regional)  para outras cidades. O estado não recompôs o prédio da Delegacia tampouco construiu um CISP.

Com a interdição do prédio da 11ª Delegacia Regional os infratores de União dos Palmares são conduzidos para os CISPs de São José da Laje, Murici e Viçosa ficando sem assistência das famílias como alimentação, remédio, roupas limpas, etc Já existe registro de que alguns presos passam até fome em função da situação econômica e consequente ausência de suas famílias, o que contrasta com os Direitos Humanos.

Das 600 vagas da IFAL situada em Murici por interferência política, apenas 21% dos alunos são daquele município, 52% são de União dos Palmares (que têm de apanhar transporte nem sempre gratuito) e o restante de outras cidade da região.

União dos Palmares também recentemente contabilizou perdas significativas: as receitas estadual e federal, o hospital São Vicente de Paulo desativado e à venda, o fechamento da Usina Lajinha, dezenas de pequenas e medias empresas fechando e tantas outras. Poderia ser esse o motivo da queda populacional consoante a última pesquisa do IBGE (referente a diminuição da população).

Retroagindo no tempo e para cientificar a atual geração, A Colônia Penal Santa Fé existiu desde o governo de Arnon de Melo.  Estava incluso no seu plano de governo essa penitenciária sem grades e uma rodovia de 28 quilômetros interligando União dos Palmares a Joaquim Gomes de uma feita que o município palmarino era o maior produtor de bananas prata do Nordeste e o escoamento da produção literalmente parava em época invernosa por falta de estrada. Santa Fé funcionou mas a estrada até hoje não foi concluída.

Foi no início da década de 80 que o então prefeito Manoel Gomes de Barros em uma de suas idas a Brasília pediu a reforma do presidio ao Presidente Ernesto Geisel que retornou quatro meses após com o projeto que custaria a época 40 mil dólares. No projeto constava (e foi construído) um prédio com celas coletivas e individualizadas, cozinha, cinema (com tela oval sendo a época o primeiro do Brasil), biblioteca, área de lazer, recepção de visitantes e familiares, alojamento dos policiais militares (hoje penais), superintendência e outras.

Pela famosa e recém construída Colônia passaram apenados famosos como alguns membros da família Calheiros, presos locais, e o funcionamento da instituição deu vida ao Bairro Santa Fé de uma feita que os insumos eram comprados na cidade e no então ‘povoado’. O que os apenados produziam eram vendidos nas feiras de União dos Palmares e região e o consumo próprio.

Repentinamente, a Colônia, se ressentiu com a falta de presos, e a construção de novos presídios até ser transformada em Quartel de Formação de Praças e Oficiais a finalmente no governo Teobaldo Barbosa sob alegação de ‘um surto de cólera’ foi desativada. Automaticamente a população atingida após uma cheia durante um rigoroso inverno se alojou nas dependências onde permanece até hoje.

O terreno pertence ao governo (ao Ministério da Justiça é a informação de temos) portanto não precisa comprar. Com uma adaptação fácil, é vocacionada a escola, fatores que batem de frente com a própria comunidade que ainda não elegeu um representante (deputado estadual, federal ou mesmo senador que lhe defenda os direitos e apresentasse suas reivindicações) porque a vaidade mórbida e os interesses pessoais e no Fundo dos Partidos do governo tornam o cenário político fracionando e frágil. No meio deste imbróglio, o povo avido por mudanças, melhoras, mas carentes apesar das modernidade não assumiu uma postura independente.

Estes fatos lembra a colocação de determinador gestor que ao ser indagado sobre concurso público disse: ‘não faço concurso porque o povo de União dos Palmares é ignorante e ia encher a prefeitura de forasteiros’. Na realidade deixou transparecer que a contratação de servidores é uma arma política poderosa...

Se houvesse transparência da municipalidade ou interesse político em prol do povo, a Câmara de vereadores onde o prefeito tem maioria, poderia ser marcada uma audiência pública para debater o assunto com a comunidade e este argumento de uma extensão da UFAL poderia adquirir relevância.

A argumentação da existência da UNEAL no município fica frágil ao se comparar o leque de cursos ofertados pela UFAL e os da UNEAL).

A enquete dessa semana é sobre o assunto. Emita sua opinião

Da Redação

Galeria




Enquete
Se fosse fosse gestor, o que você faria em União dos Palmares: um campo de futebol ou a barragem do rio para que não falte agua na cidade?
Total de votos: 55
Notícias Agora
Google News