28/02/2024 17:19:44

Acidente
26/10/2023 21:00:00

“Saúde apresenta panorama da sífilis em Alagoas durante workshop em Maceió”


“Saúde apresenta panorama da sífilis em Alagoas durante workshop em Maceió”

No dia 24 de outubro de 2023, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) promoveu um workshop em Maceió com o objetivo de atualizar profissionais e estudantes da área de saúde sobre o protocolo de atenção à sífilis. O evento foi realizado no auditório da Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas (Uncisal), no bairro Trapiche. O curso teve como foco o diagnóstico precoce da doença.

Com o tema “Sífilis: Rumo à Eliminação em Alagoas”, o workshop apresentou o panorama da doença no estado. Segundo dados divulgados no evento, Alagoas registrou um aumento no número de casos de sífilis em 2023 em comparação ao ano anterior. De janeiro a setembro deste ano, foram registrados 2.405 casos da doença, enquanto no mesmo período de 2022 foram 2.035 casos. Ao longo de todo o ano de 2022, Alagoas registrou 2.711 casos de sífilis.

A sífilis é uma Infecção Sexualmente Transmissível (IST) que pode ser evitada por meio do sexo seguro, utilizando preservativo. A doença é causada pela bactéria Treponema pallidum e pode apresentar diferentes manifestações clínicas e estágios. No entanto, possui tratamento eficaz e gratuito por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), disponível nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) municipais.

Durante o workshop, os participantes puderam assistir a palestras sobre diversos aspectos da sífilis. Os temas abordados incluíram a epidemiologia da sífilis em Maceió e em Alagoas, o manejo clínico da sífilis adquirida e em gestantes, os desafios no seguimento da sífilis congênita, as urgências básicas em eventos adversos com medicamentos da Atenção Primária e as implicações éticas e legais da administração e recusa da penicilina benzatina.

A coordenadora do Programa Estadual de Controle da Sífilis, enfermeira Hillary Gabrielle, enfatizou a importância da conscientização dos profissionais e da população para a redução dos casos de sífilis em Alagoas. Ela ressaltou que a doença pode ser identificada e tratada na Atenção Primária e nos postos de saúde de todos os municípios, e pediu o engajamento de todos nesse combate.

O workshop foi uma oportunidade de atualização e troca de conhecimentos para os profissionais e estudantes da área de saúde em Alagoas. A disseminação de informações atualizadas sobre a sífilis é fundamental para prevenir a doença, identificá-la precocemente e garantir o tratamento adequado. Com eventos como esse, a Sesau busca contribuir para a eliminação da sífilis no estado e promover uma saúde de qualidade para a população alagoana.

 Fonte A Notícia Alagoas



Enquete
Se fosse fosse gestor, o que você faria em União dos Palmares: um campo de futebol ou a barragem do rio para que não falte agua na cidade?
Total de votos: 59
Notícias Agora
Google News