22/02/2024 07:56:50

Acidente
25/10/2023 18:00:00

Cartão Escola 10 é modelo para programa do Governo Federal de incentivo à educação


Cartão Escola 10 é modelo para programa do Governo Federal de incentivo à educação

O programa Cartão Escola 10, criado pelo Governo de Alagoas, recebeu um reconhecimento importante na manhã desta terça-feira (24), em Brasília. Foi durante a reunião do Consórcio Nordeste, que contou com a participação do governador Paulo Dantas, da ministra da Gestão e Inovação, Esther Dweck, e dos ministros da Casa Civil, Rui Costa, e da Educação, Camilo Santana. A pauta foi a criação de um auxílio financeiro de incentivo para os estudantes do Ensino Médio, e também a implantação da Carteira Nacional de Identificação.

Durante a reunião, os ministros Rui Costa e Camilo Santana elogiaram o programa Cartão Escola 10, e afirmaram que o programa nacional, que será anunciado em breve pelo presidente Lula, tem como referência o programa de incentivo alagoano, que auxilia o combate à evasão escolar.

“Vamos lançar uma bolsa para apoio financeiro a este jovem que hoje abandona os estudos para trabalhar. Não podemos perder mais nenhum estudante neste país. Esse auxílio financeiro é mais um compromisso do MEC e do presidente Lula com os jovens e com a construção de um presente e futuro melhores. Em Alagoas, o auxílio ajudou no combate à evasão escolar e nos inspirou a criar o programa nacional”, elogiou durante a reunião.

O governador Paulo Dantas apresentou dados referentes ao Escola 10 e afirmou que o programa fez com que mais de 40 mil estudantes retornassem às salas de aula. Paulo também afirmou que o Governo de Alagoas paga um auxílio de R$ 2 mil para cada estudante que concluir o Ensino Médio.



“A educação em Alagoas sempre foi e sempre será prioridade para o Governo do Estado. Nossos programas incentivam os estudantes a permanecerem nas salas de aula, e auxiliam nas despesas com os estudos. Com os outros programas que temos, a qualidade do nosso ensino cresceu bastante e muito nos honra que sejamos exemplo para o Brasil”, afirmou Paulo.

Carteira de identidade nacional


Também durante a reunião, a ministra Esther Dweck ressaltou a importância de que o Brasil tenha um registro único para identificar seus cidadãos. Ela explicou aos governadores que, hoje, um cidadão pode conseguir emitir 27 carteiras de identidade, uma em cada estado, e cada uma com um número diferente.

“O que o presidente Lula solicitou e quer implantar, desde 2007, é uma carteira única nacional, com um único número, independentemente do local onde foi emitida. Logo em janeiro deste ano, o presidente sancionou uma lei que define CPF como esse número único”, afirmou a ministra.



Ela assinalou que a responsabilidade quanto à emissão segue com os estados, e que o Governo Federal está verificando com cada um dos entes questões como o auxílio em custeio, equipamento, sistema de integração com a Receita Federal e apoio técnico, a depender da necessidade de cada um.

O governador Paulo Dantas afirmou que Alagoas já emite a nova Carteira Unificada, inclusive sendo o primeiro Estado a emitir o novo documento.

Rafael Maynart / Agência Alagoas

Fonte Al1



Enquete
Se fosse fosse gestor, o que você faria em União dos Palmares: um campo de futebol ou a barragem do rio para que não falte agua na cidade?
Total de votos: 48
Notícias Agora
Google News