22/02/2024 08:07:22

Maceió
25/10/2023 17:00:00

Diretor do DMTT diz que Maceió tem uma fábrica de maus condutores


Diretor do DMTT diz que Maceió tem uma fábrica de maus condutores

O diretor-presidente do Departamento Municipal de Transporte e Trânsito de Maceió (DMTT), André Costa, apontou em entrevista concedida ao Canhão Podcast, nesta segunda-feira (23), diversos assuntos relacionados a mobilidade urbana da capital alagoana e criticou a antiga gestão do município: “Não tratou o transporte com a seriedade que o problema requer”.

Um dos assuntos mais debatidos foi o uso da tão conhecida “faixa azul”. Segundo André Costa, não existe faixa azul na cidade, mas faixa exclusiva para ônibus e que futuramente será pintada de branca, como em todo o Brasil. Além disso, citou em quais oportunidades os motoristas podem transitar pela via, desmentindo a possibilidade de andar até dois quarteirões.

“O condutor deve circular a distância necessária para como segurança realizar uma conversão à direita ou entrar em um estabelecimento comercial. Esta ação é avaliada pelos agentes de trânsito ou pelas câmaras”, esclarece André Costa.

O responsável pelo DMTT falou da postura dos agentes nesta nova gestão e do número de multas aplicadas nos condutores que trafegam e estacionam de maneira irregular em Maceió. “A população expressa que órgão é uma fábrica de multas, mas o que a gente percebe é que temos uma fábrica maus condutores”.

Segundo o também delegado da Polícia Federal, a atuação dos agentes nas ruas não tem como principal objetivo aplicar multas, mas inibir que os motoristas andem de maneira irregular, seja utilizando o celular ou sem o cinto de segurança. Por isso, a postura é esta em um local visível, com viatura sinalizando a presença através dos giroflex.

Recursos da Braskem

Dentro do assunto mobilidade urbana, André Costa falou sobre as ações que o município está implantando na cidade para diminuir o trânsito. Ele cita que, os recursos pagos pela Braskem à Prefeitura de Maceió já estão sendo aplicados em diversas obras, como construção de novas pistas na Fernandes Lima e na instalação de semáforos inteligentes.

“São cerca de 33 cruzamentos semafóricos em toda extensão da Bomba do Gonzaga até a Centenário, que são equipadas com câmeras que detectam a presença de veículos e fazem a contagem de quantos passam em cada ponto. Com base no fluxo de veículos, o semáforo trabalha de maneira inteligente e em sincronia com os outros”, ressalta o diretor do DMTT.

Lembrando que, o valor pago pela Braskem faz parte do Acordo Socioambiental firmado entre o Ministério Público Federal e a Braskem, com participação do Ministério Público Estadual e Prefeitura de Maceió.

Quadro De Frente com Canhão

No decorrer da sua participação no Canhão Podcast, André não poupou críticas a políticos de grande influência no estado, como é o caso do presidente da Assembleia Legislativa de Alagoas, Marcelo Victor.

“Com uma semana na Polícia Federal fiz o flagrante dele portando uma arma 357. Poucos anos depois, aprendemos motociclistas que estavam fazendo compra de votos para a campanha dele (Marcelo Victor)”. Ele ainda afirma que, durante as investigações, o deputado o acusou de torturar psicologicamente os suspeitos.

Confira a entrevista completa através do link https://www.youtube.com/watch?v=8_IgD5bx5eo

/Assessoria

Fonte Folha de Alagoas



Enquete
Se fosse fosse gestor, o que você faria em União dos Palmares: um campo de futebol ou a barragem do rio para que não falte agua na cidade?
Total de votos: 48
Notícias Agora
Google News