21/06/2024 02:19:14

Acidente
25/10/2023 16:00:00

Após segunda falta, deputados querem condução coercitiva de Dino

Ministro da Justiça foi convocado à Câmara e alegou “ameaças” para faltar; presidente da comissão diz que vai acionar a PGR


Após segunda falta, deputados querem condução coercitiva de Dino

Deputados bolsonaristas da Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado da Câmara planejam pedir a condução coercitiva do ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino. O maranhense faltou de novo ao colegiado alegando ameaças e ataques pessoais a partir dos congressistas. O setor de segurança do ministério recomendou o “não comparecimento” do ministro.

a sessão desta terça-feira (24/10), o presidente da Comissão de Segurança Pública, o deputado Sanderson (PL-RS) disse que vai representar Dino na Procuradoria-Geral da República por crime de responsabilidade por conta da falta.

“Isso é um absurdo e nós não vamos aceitar. Um grupo grande de parlamentares aqui da Comissão irá ao presidente da Câmara, mas a representação já está pronta para a PGR. Além do crime de responsabilidade, há outras infrações” – Sanderson (PL-RS).

Nos corredores da Câmara, já se fala de pedir à Polícia Legislativa obrigar o ministro a comparecer ao colegiado. O requerimento ainda não foi colocado a votação, mas deputados articulam com o presidente da CSP o pedido.

Em suas redes sociais, Dino postou o ofício enviado a Arthur Lira (PP-AL) e disse que o comparecimento à comissão representa grave ameaça à sua integridade física.

Fonte Metropóles



Enquete
Se a Eleição municipal fosse agora em quem você votaria para prefeito de União dos Palmares?
Total de votos: 383
Notícias Agora
Google News