22/02/2024 07:40:57

Educação
21/10/2023 10:00:00

Como estudar para o Enem 2023? Veja 9 sites para se preparar na reta final

Plataformas indicam o que estudar para o Enem, ajudam os participantes na organização dos estudos e disponibilizam simulados de graça; conheça as principais opções


Como estudar para o Enem 2023? Veja 9 sites para se preparar na reta final

Faltam pouco mais de quinze dias para o Enem 2023. Na reta final de estudos, alguns sites podem ser muito úteis na hora de revisar os conteúdos mais cobrados no exame e se preparar para diferentes temas de redação. A plataforma virtual do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP), por exemplo, armazena versões digitais das provas aplicadas nos outros anos — e ainda permite consultar os gabaritos. Além disso, sites como o Me Salva oferecem acesso gratuito a resumos com os principais conteúdos que caem na prova, dicas de como fazer uma redação nota 1.000 e mapas mentais. A seguir, confira nove ferramentas que vão te ajudar a estudar na reta final do Enem.

Quando vai ser o Enem 2023?

O Enem 2023 acontecerá em 5 e 12 de novembro, sendo dividido em dois domingos. No primeiro dia, os estudantes farão as provas de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, Ciências Humanas e suas tecnologias e Redação. Nessa etapa, são cobrados conteúdos das disciplinas de Língua Portuguesa, Literatura, História, Geografia, Filosofia e Ciências Sociais, além da língua estrangeira — que pode ser Inglês ou Espanhol. No segundo domingo, será a vez dos exames de Matemática e suas tecnologias e Ciências da Natureza e suas tecnologias, que envolve questões de Física, Química e Biologia.

Nos dois dias de prova, os portões ficarão abertos das 12h às 13h. Os exames começam apenas às 13h30 e terminam às 19h no primeiro dia e 18h30 no segundo dia. Cabe ressaltar que os horários seguem o fuso horário de Brasília.

O que estudar para o Enem 2023?

O Enem é dividido em áreas de conhecimento. Os estudantes deverão responder exercícios de Ciências Humanas, Ciências da Natureza, Linguagens e Matemática. Ao todo, a prova tem 180 questões, divididas igualmente entre os temas — ou seja, são 45 perguntas em cada um —, e uma redação dissertativo-argumentativa.

G1 reuniu, em um gráfico, os principais assuntos de cada disciplina que já caíram na prova ao longo dos anos. Destacam-se as questões de Geometria, História Contemporânea, Geografia Agrária, Ética e Justiça, Mundo do Trabalho, Mecânica, Físico-química, Humanidade e Ambiente e Leitura e Interpretação de textos. A seguir, conheça nove sites que vão te ajudar a estudar para o Enem 2023.

1) INEP - Repositório de provas e gabaritos do Enem

O site do Ministério da Educação (www.gov.br/inep/pt-br/areas-de-atuacao/avaliacao-e-exames-educacionais/enem/provas-e-gabaritos) conta com um repositório das provas do Enem. Na página, os estudantes podem conferir as avaliações das edições anteriores para testar os conhecimentos, já que o portal reúne os testes realizados entre 1998 e 2022. Além dos exames, o site também disponibiliza os gabaritos para conferir as respostas durante os estudos.

2) Questões ENEM

A Empresa Brasil de Comunicação (EBC) também disponibiliza uma ferramenta para quem deseja estudar a partir das provas anteriores. No site Questões Enem (questoesenem.ebc.com.br), estão disponíveis todas as questões aplicadas entre as edições de 2009 e 2020 da prova, separadas por área de conhecimento. Os exercícios são escolhidos de maneira aleatória pela plataforma e o estudante pode respondê-las como se estivesse fazendo um simulado. Para o usar o site, basta se cadastrar com nome, e-mail e senha.

O Passei Direto (passeidireto.com) é uma espécie de rede social para estudos, disponível na versão web ou em app para celulares Android e iPhone (iOS). Por meio da plataforma, professores e alunos podem fazer upload de materiais como questionários, resumos e videoaulas e comentar nas publicações de outras pessoas, para tirar dúvidas e estudar para o Enem ou até para provas da graduação. O site conta ainda com um plano Premium, que permite que o usuário imprima até dez conteúdos por mês e tenha acesso ilimitado a videoaulas e materiais de professores verificados. O serviço custa R$ 238 no pacote anual.

4) Brainly

Similar ao Passei Direto, o Brainly (brainly.com.br) também é um espaço de colaboração entre estudantes. A plataforma está disponível na versão web e em aplicativo para Android e iPhone (iOS), sendo possível fazer perguntas ilimitadas sobre qualquer tipo de conteúdo. Os estudantes ainda podem pesquisar por uma dúvida para verificar se ela já foi respondida antes e fazer upload de questões do Enem que não saibam resolver para receber ajuda. O site também conta com uma aba específica sobre a prova, que reúne dúvidas sobre o exame. Além do plano gratuito, o Brainly oferece um plano Plus, que permite ao estudante receber respostas ilimitadas. O valor da assinatura parte de R$ 7 ao mês.

A Khan Academy (pt.khanacademy.org) é uma plataforma gratuita ideal para quem deseja se aprofundar em temas específicos. Bastante voltada para o ensino de Matemática, o site reúne conteúdos sobre a disciplina desde o ensino fundamental até o nível avançado. Ao clicar em um dos temas de estudo, o aluno pode acessar uma trilha de aprendizagem com vídeos, artigos e questões de várias dificuldades, e ainda consegue registrar o seu progresso de estudo. Além da Matemática, também estão presentes conteúdos sobre Ciências, Português, Ciências humanas e até Computação.

6) Descomplica

Conhecido por auxiliar alunos de pré-vestibular, o site Descomplica (descomplica.com.br) oferece alguns materiais gratuitos que podem ajudar quem está estudando na reta final para o Enem, como um repositório de questões das edições anteriores do exame. O diferencial, em relação às plataformas do INEP e da EBC, é que, no Descomplica, cada questão conta com um comentário dos professores do curso, o que pode esclarecer muitas dúvidas. Também é possível fazer simulados do Enem gratuitamente e simular a colocação no Sisu.

Além disso, a plataforma oferece um curso intensivo para estudar para o Enem 2023 com preços mais acessíveis. Atualmente, o plano mais barato custa R$ 19,90 por mês e dá acesso completo à ferramenta por seis meses. Em outra iniciativa, clientes da operadora TIM podem estudar de graça sem descontar do seu pacote de dados.

7) Imaginie

No site Imaginie (www.imaginie.com.br/temas-de-redacao/), é possível praticar redação no modelo do Enem. A plataforma oferece, gratuitamente, um banco com diversas propostas de redação que podem servir de base para o aluno se preparar para diferentes cenários. Também é possível submeter os textos para correção de profissionais especializados ao adquirir um dos planos pagos da plataforma, que custam a partir de R$ 79 ao mês. O pacote garante correções em até 24 horas e dá direito a aulas sobre o tema.

8) Me Salva

 O site Me Salva (mesalva.com/enem/estudar-gratis) reúne diversos materiais gratuitos para quem vai prestar o Enem 2023. Na plataforma, o estudante encontra materiais em PDF como guias de estudo, resumos, cronogramas para revisão e tutoriais de como criar mapas mentais. O portal também conta com uma loja de apostilas para o Enem e oferece planos pagos com acesso a videoaulas, correção de redações e outros serviços. Os preços partem de R$ 69,90 por mês.

9) Simula Enem 2023

Por fim, também é possível se preparar para o Enem pelo Simula Enem 2023 (especiais.g1.globo.com/educacao/enem/2023/simula/), oferecido pelo G1 em parceria com o Estudar.com. Segundo o portal, o teste segue o formato do exame, com 180 questões “inéditas e exclusivas” formuladas pela equipe de professores. Basta fazer cadastro e responder às questões. Ao final do teste, é exibido um boletim de desempenho para análise do candidato.

 Mais do TechTudo

Site de matemática que resolve exercícios: conheça 4 opções gratuitas
Aplicativo para fazer redação: 4 opções que vão ajudar você a escrever melhor
Cinco sites de resposta para estudar para provas
 
Fonte TechbTudo


Enquete
Se fosse fosse gestor, o que você faria em União dos Palmares: um campo de futebol ou a barragem do rio para que não falte agua na cidade?
Total de votos: 48
Notícias Agora
Google News