25/02/2024 05:43:11

Educação
18/10/2023 10:00:00

Estudantes destacam o desafio de manter a disciplina com equilíbrio

Jovens que vão disputar vagas em cursos de alta concorrência, como direito, medicina e engenharia, organizam sua rotina de estudos e lazer na preparação para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem)


Estudantes destacam o desafio de manter a disciplina com equilíbrio

Preparar-se para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) exige uma rotina intensa, principalmente para aqueles estudantes que querem a aprovação em cursos mais concorridos, que, segundo dados do primeiro semestre de 2022 do SiSU, são medicina, direito, ciência da computação e engenharias da computação e civil.

A professora Regina Sucupira, do Instituto de Psicologia da Universidade de Brasília (UnB), aponta que o mercado de trabalho é um fator preponderante na escolha de carreira pelos jovens: "Os vestibulandos estão mais atentos às áreas que mais demandam no mercado de trabalho. Tirando medicina, que segue como curso mais concorrido, a internet tem mais força no trabalho de hoje".

Ana Alice de Oliveira está no terceiro ano do ensino médio no colégio Sigma, pretende cursar direito na UnB e admite que existem pressões envolvendo a preparação para os processos seletivos. "Eu brinco com meus pais que, nesta fase, a escola está sendo a minha segunda casa, mas entendo também que é um período de muita dedicação. Traz essa disciplina de estudo e fazer provas antigas nos deixa mais preparados e seguros", afirma. Para lidar melhor com as pressões e a autocobrança, a estudante busca o equilíbrio da rotina de estudos com a vida social. "Tem que ter muito estudo, mas eu também valorizo tempo para amizades e momentos em família, até para criar uma rede de apoio. Neste momento tão estressante, isso é muito importante para que a gente tenha um resultado positivo na prova", diz.

Hobby

Candidato ao curso de medicina, Matheus Borraz começou a pensar na carreira há alguns anos, quando uma consulta com um pediatra despertou seu interesse sobre a área. "Grande parte da minha família é de médicos, então eu fui aprendendo mais sobre como é a medicina e me apaixonei cada vez mais por cuidar de pessoas, tratar doenças", argumenta. Ao mesmo tempo que se dedica aos estudos para o vestibular, o aluno do 3º ano do ensino médio do Sigma conta que encontrou na academia a maneira de relaxar: "sobra tempo apenas para eu fazer academia e malhar, que é o meu hobby".

Pyeto Disegna também termina o ensino médio este ano e está se preparando para ingressar em engenharia da computação na UnB ou na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). "Sempre tive interesse na área de tecnologia, tanto na parte física do computador, quanto na parte de software. Quando fiquei sabendo que a engenharia da computação juntava as duas partes, decidi que tentaria esse curso", conta. Ele se concentra na preparação para o vestibular durante a semana, ficando todos os dias na escola após as aulas regulares. "Durante o período de estudo, eu faço as fichas de questões do Enem que o curso disponibiliza ou para as provas da escola, então, sobra tempo para fazer outras coisas no fim de semana", explica.

Neste ano, as provas do Enem ocorrerão entre 5 e 12 de novembro, em todos os estados brasileiros e no Distrito Federal. A psicóloga Regina Sucupira avalia que, neste momento, a preparação deve ter alcançado um ponto crucial do estudo, o de revisão. "Os estudantes devem se conscientizar da preparação desde o início do ano, nas vésperas, eles têm que revisar", diz.

Correio Braziliense



Enquete
Se fosse fosse gestor, o que você faria em União dos Palmares: um campo de futebol ou a barragem do rio para que não falte agua na cidade?
Total de votos: 55
Notícias Agora
Google News