22/02/2024 07:51:00

Acidente
12/10/2023 02:00:00

4 dicas para cuidar da saúde mental durante a preparação para o Enem


4 dicas para cuidar da saúde mental durante a preparação para o Enem

A saúde mental desempenha um papel fundamental no rendimento dos estudantes no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). De acordo com Miriam Sales, Coordenadora Pedagógica da Mind Lab, a cobrança excessiva e uma rotina de estudo desequilibrada podem impactar negativamente o desempenho dos vestibulandos.

Cuidado com o estresse durante a preparação

A pressão para obter um bom resultado nas provas pode levar os estudantes a enfrentarem ansiedade e estresse, comprometendo a qualidade de vida deles. “Alguns “sintomas” que podem indicar estresse e ansiedade com o Enem são: falta de motivação, perda de sono e dificuldade de concentração. Esses são comportamentos que merecem atenção”, comenta a especialista. Pensando nisso, Miriam elenca dicas de como preservar a saúde mental na reta final da preparação. Confira!

1. Estabeleça uma rotina saudável

Procure equilibrar a rotina de estudos com momentos de lazer, descanso e interação social. Miriam Sales ressalta a importância de criar uma rotina que inclua atividades físicas, relacionamentos saudáveis e momentos de diversão. Investir no cuidado com a saúde mental durante esse período facilita o processo de autorregulação emocional, autoconhecimento e tomada de decisões.

2. Rede de apoio

Uma rede de apoio formada pelos pais, professores e profissionais da saúde mental pode oferecer suporte emocional e psicológico nos momentos difíceis. Todos devem trabalhar em conjunto para criar um ambiente seguro e acolhedor.

A escola deve contar com políticas claras e protocolos para lidar com questões relacionadas à saúde mental. Já os professores precisam ter sensibilidade para identificar os sinais de desordem e encaminhar os alunos para ajuda especializada. Os pais, por sua vez, devem estabelecer uma comunicação aberta com os filhos, criando um ambiente propício para compartilhar sentimentos e preocupações.

Mãe abraçando carinhosamente a filha adolescente
Ter uma rede de apoio é fundamental para os vestibulandos (Imagem: Halfpoint | Shutterstock)

3. Ouça suas emoções

De acordo com Miriam, dar importância à saúde mental possibilita a autorregulação emocional, o autoconhecimento e a segurança na tomada de decisões. Isso resulta em um rendimento melhor nas provas e demais desafios enfrentados durante o período de preparação.

“Assim o estudante é capaz de ter foco por não se preocupar com mil coisas ao mesmo tempo, consegue ter disciplina por saber, com clareza, o objetivo que pretende alcançar e, por fim, se sente motivado para superar desafios”, comenta a pedagoga. 

4. Estude sobre as competências socioemocionais

O apoio socioemocional vem ganhando cada vez mais espaço no universo educacional e já existem metodologias cientificamente comprovadas que oferecem tal apoio para os alunos. Um exemplo é o programa MenteInovadora, da Mind Lab, que ajuda crianças, adolescentes e adultos a desenvolverem competências socioemocionais visando a promoção da saúde mental.

Na BNCC (Base Nacional Comum Curricular), as competências socioemocionais estão presentes em todas as competências gerais estabelecidas como fundamentais para a promoção da aprendizagem de alunos e alunas. 

Fointe porrtaledicase.com



Enquete
Se fosse fosse gestor, o que você faria em União dos Palmares: um campo de futebol ou a barragem do rio para que não falte agua na cidade?
Total de votos: 48
Notícias Agora
Google News