25/02/2024 06:30:26

Acidente
05/10/2023 09:00:00

Sesau realiza promove I Encontro Alagoano de Reabilitação Psicossocial

Evento desenvolveu estratégias para favorecer as atividades nos Centros de Atenção Psicossocial


Sesau realiza promove I Encontro Alagoano de Reabilitação Psicossocial

Ruana Padilha / Ascom Sesau

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) realizou o I Encontro Alagoano de Reabilitação Psicossocial, com o objetivo desenvolver estratégias que favoreçam as atividades realizadas nos Centro de Atenção Psicossocial (Caps). O evento foi direcionado aos oficineiros e técnicos de reabilitação psicossocial dos 102 municípios alagoanos, que compõem direta ou indiretamente a Rede de Atenção Psicossocial de Alagoas (RAPS).

Durante o encontro, que ocorreu na Faculdade Estácio, em Maceió, os participantes discutiram ações de geração de renda, economia solidária e instrumentos de reabilitação psicossocial por meio da arte, cultura e esportes. Além disso, o encontro também foi o primeiro momento de organização das propostas de atividades que vão compor o Festival Mércia Breda: Arte, Cultura, Lazer e Desporto, programado para o final do mês de outubro.

A supervisora de Atenção Psicossocial da Sesau, Tereza Cristina Tenório, explicou que o encontro buscou uma reflexão sobre o que pode ser ampliado e qualificado, de forma a atender toda a população usuária dos Caps. “Esse é o primeiro encontro após a pandemia da Covid-19 e a iniciativa é fundamental para que possamos ouvir as demandas dos profissionais que atuam nas RAPS de todos os municípios e, assim, continuarmos oferecendo apoio necessário tanto para os profissionais quanto os usuários”, salientou.

Ainda de acordo com a supervisora, o evento ajudou a promover os profissionais a promover o protagonismo dos usuários dos Caps e desmistificar as ações realizadas nas unidades perante a sociedade. “É muito importante os profissionais desenvolverem o protagonismo dos usuários, por isso, ressaltamos sempre a participação deles nas nossas ações para entendermos sobre o que querem tratar, discutir. Orientamos sempre os profissionais a não pensarem pelos pacientes, mas, a deixá-los pensar por eles mesmos. E, com isso, trazer para sociedade que potência que temos nos serviços, visando diminuir a discriminação que esses usuários, infelizmente, ainda passam na sociedade”, relatou.

O secretário de Estado da Saúde, médico Gustavo Pontes de Miranda, destacou que a iniciativa teve um olhar voltado para as especificidades dos Caps. “São serviços mantidos e gerenciados pelas Secretarias Municipais de Saúde, que recebem assessoria técnica da Sesau, e que desempenham um papel fundamental no processo de atenção psicossocial. Nossa proposta é colaborar com os técnicos que atuam nestes Caps para potencializar a assistência aos usuários assistidos, e que estão em sofrimento mental", pontuou o gestor da saúde alagoana.

Fonte Agência Alagoas



Enquete
Se fosse fosse gestor, o que você faria em União dos Palmares: um campo de futebol ou a barragem do rio para que não falte agua na cidade?
Total de votos: 56
Notícias Agora
Google News