22/02/2024 08:12:51

Acidente
04/10/2023 17:00:00

Saúde se reúne com Defensoria Pública para apresentar ações de combate à meningite


Saúde se reúne com Defensoria Pública para apresentar ações de combate à meningite

Com o intuito de discutir as medidas que estão sendo adotadas pela Secretaria de Saúde de Maceió (SMS) para conter o aumento de casos de meningite, representantes da Secretaria de Saúde de Maceió (SMS) e da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) se reuniram, nesta terça-feira (3), com o Defensor Público do Núcleo de Proteção Coletiva, Daniel Alcoforado Costa, para apresentar o andamento das ações do plano de enfrentamento à doença.

O encontro, que ocorreu na Gruta de Lourdes, contou com profissionais da Diretoria de Vigilância em Saúde, das áreas técnicas da Vigilância Epidemiológica e da subsecretária da Atenção à Saúde de Maceió, Roberta Borges.

A reunião foi motivada pela divulgação da Nota Técnica do Ministério da Saúde, que reconhece o surto de meningite em Alagoas e os entes deveriam apresentar as medidas que já estão sendo adotadas. O plano de enfrentamento de Maceió já foi enviado à Defensoria Pública do Estado (DPE), contendo todos os componentes da Atenção Básica que estão atuando nesse enfrentamento.

A subsecretária de Atenção à Saúde, Roberta Borges, destacou durante a reunião, que Maceió está atendendo todas as recomendações feitas pelo Ministério da Saúde para combater a doença. “Além disso, estamos adotando medidas como antecipação da campanha de multivacinação para atualizar a caderneta de vacinação de crianças e adolescentes, ações de educação em saúde, sensibilização e capacitação de profissionais e também atuando com transporte para dar celeridade ao encaminhamento de pacientes para os serviços”, afirmou.

A coordenadora técnica de Vigilância das Doenças e Agravos Transmissíveis da SMS, Rosicleide Barbosa, também pontuou que o Município está realizando a quimioprofilaxia dos contatos em até 48 horas. “Além disso, estamos fazendo a capacitação profissional nas UPAS e Unidades Básicas de Saúde para a importância da notificação imediata da doença e ainda criamos um canal de comunicação direta dos profissionais que estão nos serviços de saúde com a área técnica para tirar dúvidas sobre a doença, detectando os casos de forma mais precisa e imediata”, informou.

Profissionais da Sociedade Alagoana de Infectologia também participaram da reunião. Eles tiraram as principais dúvidas sobre a eficácia das vacinas contra a meningite B e concordaram com a recomendação do Ministério para o momento de surto, destacando que as vacinas que já estão incluídas no calendário básico do SUS, como a meningite C e a ACWY são eficazes e que a população deve procurar se vacinar com estes imunizantes.

Avaliação

Durante a reunião, a Defensoria Pública do Estado avaliou que os órgãos de saúde implementaram as medidas recomendadas para o enfrentamento da doença e que as que estão em andamento também atendem ao cenário.

O encontro contou, ainda, com a presença de representantes da Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas (Uncisal), Laboratório Central (Lacen/AL), do Hospital Helvio Auto e da Sociedade Alagoana de Infectologia.

Fonte O Dia Mais



Enquete
Se fosse fosse gestor, o que você faria em União dos Palmares: um campo de futebol ou a barragem do rio para que não falte agua na cidade?
Total de votos: 48
Notícias Agora
Google News