25/02/2024 05:49:38

Acidente
04/10/2023 09:00:00

Saúde de Maceió fiscaliza hospitais em ação voltada à transmissão vertical de IST/HIV e hepatites


Saúde de Maceió fiscaliza hospitais em ação voltada à transmissão vertical de IST/HIV e hepatites

A Secretaria Municipal de Maceió (SMS) realizou nessa segunda-feira (2), uma supervisão no Hospital Veredas,  localizado na Gruta de Lourdes. A iniciativa está sendo realizada pela equipe técnica da Coordenação do programa IST/HIV /Aids e Hepatites Virais da SMS e visa melhorar fluxos e comunicação com as maternidades parceiras, rede de laboratórios e Vigilância Epidemiológica.

A técnica da coordenação de IST, HIV/Aids e Hepatites Virais da SMS, Teresa Carvalho, falou sobre a importância da vigilância dessas doenças nas maternidades. 

“Regularmente supervisionamos as maternidades conveniadas ao SUS Maceió que fazem parte da rede materno infantil e que compõem o Comitê Municipal de Transmissão Vertical do HIV, Sífilis e Hepatites com o objetivo de verificar se as recomendações do protocolo clínico da transmissão vertical está sendo seguido conforme previsto. Verificamos se há dúvidas técnicas e se há algum encaminhamento que o Município precise realizar para contribuir na melhoria dos processos de trabalho”, destacou. 

A supervisão em maternidades voltada para a transmissão vertical do HIV, sífilis e hepatites virais desempenha um papel crucial na prevenção e gestão dessas infecções durante a gravidez e o puerpério. Ela assegura o diagnóstico oportuno, facilitando o início imediato do tratamento adequado, o que reduz significativamente o risco de transmissão para o bebê. Além disso, proporciona a oportunidade para aconselhamento e educação das gestantes, promovendo a adesão ao tratamento e ações preventivas e profiláticas para as crianças. 

A supervisão também monitora a adesão ao tratamento, garante registros precisos e atualizados, e ajuda a avaliar a eficácia das intervenções, contribuindo para uma abordagem efetiva na prevenção da transmissão vertical. Ao mesmo tempo, ela combate o estigma e a discriminação, promovendo o tratamento digno e respeitoso das gestantes. É um trabalho vital para garantir a saúde e o bem-estar tanto das gestantes quanto dos recém-nascidos, sendo uma parte integral da abordagem global de saúde materno-infantil.

O trabalho irá contemplar todas as maternidades do Município. O comitê é coordenado pela enfermeira Dayana Tenório,  técnica da Coordenação do Programa IST/HIV/Aids e Hepatites Virais.

Por Al1

Fonte: Ascom SMS



Enquete
Se fosse fosse gestor, o que você faria em União dos Palmares: um campo de futebol ou a barragem do rio para que não falte agua na cidade?
Total de votos: 55
Notícias Agora
Google News