28/02/2024 15:43:16

Acidente
02/10/2023 09:00:00

Instituto Amor 21 recebe primeira edição do programa Inclusão em Ação, promovendo serviços e cuidados para pessoas com deficiência.


Instituto Amor 21 recebe primeira edição do programa Inclusão em Ação, promovendo serviços e cuidados para pessoas com deficiência.

No último sábado (30), o Instituto Amor 21 recebeu a primeira edição do programa Inclusão em Ação, uma iniciativa da Prefeitura de Maceió que busca promover serviços, cidadania e cuidado para pessoas com diferentes tipos de deficiência e seus familiares.

O Instituto Amor 21 é voltado para o atendimento de pessoas com síndrome de Down e reconhece a importância de conceder assistência não apenas para a pessoa com deficiência, mas também para sua cuidadora. Tony Cabral, responsável pelas relações institucionais do Amor 21, destaca que o bem-estar da cuidadora é fundamental para garantir os cuidados adequados ao indivíduo com deficiência. Segundo ele, muitas vezes, quando uma criança é diagnosticada com síndrome de Down, a mãe acaba assumindo toda a responsabilidade pelos cuidados. Cerca de 68% dos casamentos terminam quando nasce uma pessoa com deficiência na família, o que faz com que a mãe tenha que abandonar o trabalho para se dedicar exclusivamente aos cuidados do filho.

Diante dessa realidade, o programa Inclusão em Ação foi idealizado, levando serviços sociais, de autoestima, cidadania e inclusão para instituições que atendem pessoas com deficiência, com o objetivo de fortalecer essa rede de apoio. A iniciativa foi lançada durante a campanha do Setembro Verde, que visa conscientizar sobre a inclusão da Pessoa com Deficiência na sociedade.

Mariana Moura, mãe de Téo, uma criança de 6 anos com síndrome de Down, ressalta a importância desse momento para cuidar de si mesma, já que a rotina intensa de cuidados com o filho não permite um tempo dedicado a si mesma. Durante a ação, Mariana aproveitou para receber uma massagem relaxante e escovar os cabelos. Ela relata que Téo adorou a experiência e já queria participar também.

Além dos serviços de autoestima e bem-estar oferecidos pelas voluntárias do programa Emprega Mulher, a primeira edição do programa Inclusão em Ação também disponibilizou serviços de vacinação, odontologia, clínico geral, cadastramento no CadÚnico, agendamento para emissão da Carteirinha de Identificação da Pessoa Autista (CipTea) e emissão do cartão Vamu Especial, que garante gratuidade no transporte público municipal para pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida.

Fátima, mãe de Marcelo, um jovem de 16 anos que está dentro do espectro autista, aproveitou a oportunidade para agendar a emissão da CipTea e emitir o cartão Vamu. Ela destaca a importância da inclusão e do acesso ao transporte público para as pessoas com deficiência.

Tony Cabral ressalta que eventos como esse trazem mais cidadania para as pessoas, fornecendo oportunidades que muitas vezes são essenciais e que podem fazer a diferença na vida delas. O programa Inclusão em Ação é uma iniciativa da Secretaria Municipal da Mulher, Pessoas com Deficiência, Idosos e Cidadania (Semuc) e contou com a parceria das secretarias da Saúde (SMS), Assistência Social (Semdes), Esporte (Semesp) e o Departamento Municipal de Transporte e Trânsito (DMTT).

Com essa primeira edição de sucesso, o programa Inclusão em Ação mostra seu potencial para promover serviços, cidadania e inclusão para pessoas com deficiência em Maceió, reforçando a importância de uma rede de apoio efetiva para garantir o bem-estar dessas pessoas e de seus familiares.

Fonte Maceió Repórter



Enquete
Se fosse fosse gestor, o que você faria em União dos Palmares: um campo de futebol ou a barragem do rio para que não falte agua na cidade?
Total de votos: 58
Notícias Agora
Google News