28/02/2024 17:04:34

Acidente
01/10/2023 14:00:00

Criança que foi estuprada por líder religioso chorava e tremia quando ficava perto do homem, diz delegado

Testemunha viu situação e gravou crime contra a criança. Menor foi encaminhada para fazer acompanhamento psicológico.


Criança que foi estuprada por líder religioso chorava e tremia quando ficava perto do homem, diz delegado

A criança de 10 anos que foi estuprada pelo líder religioso Julierme da Silva Marques, de 44 anos, em Porangatu, no norte de Goiás, tremia e chorava quando ficava perto do homem, segundo a Polícia Civil. O delegado Danilo Wendel detalhou que a menina de 10 anos foi encaminhada para acompanhamento psicológico após o crime. Pelo menos outras 15 pessoas denunciaram o líder até esta sexta-feira (29).

prisão de Julierme ocorreu na terça-feira (26), no norte de Goiás, após ele ser filmado se masturbando enquanto espiava a menina.  A casa dele e da vítima ficavam no mesmo terreno da igreja que eles frequentavam.

Ao g1, o advogado de defesa do líder religioso afirmou que o cliente é inocente e que está tomando as medidas judiciais necessárias. O advogado Luciano Henrique também afirmou que aguarda a conclusão do inquérito para apresentar provas.

A investigação teve início após a divulgação do vídeo, gravado por uma testemunha. Foi constatado que o homem tentou agarrar a criança.

Após a divulgação do vídeo, as outras vítimas procuraram a delegacia para denunciar o líder. Além de crianças, há vítimas já adultas e, inclusive, uma do sexo masculino. Segundo as investigações, as vítimas não frequentavam a igreja do líder religioso. A única exceção é a criança de 10 anos.

“São mais ou menos 15 vítimas variadas, mas nem todas quiseram prosseguir com a denúncia, algumas nos procuraram de forma anônima”, afirma o delegado.

As investigações também constataram que o líder religioso sempre se masturbava na presença da vítimas, sendo assim, cada caso será avaliado para saber se houve estupro ou apenas crime de importunação sexual.

“[Nessa situação], ela conseguiu se desvencilhar. Ele também ficava tentando verificar a menina no banho, jogava lanterna na casa, à noite, tentou entrar na casa e ela precisou trancar. Foram diversos atos”, afirmou o delegado.

As investigações também constataram que o líder religioso sempre se masturbava na presença da vítimas, sendo assim, cada caso será avaliado para saber se houve estupro ou apenas crime de importunação sexual.

Líder religioso é filmado ao se masturbar em Porangatu — Foto: Divulgação/Polícia Civil


Enquete
Se fosse fosse gestor, o que você faria em União dos Palmares: um campo de futebol ou a barragem do rio para que não falte agua na cidade?
Total de votos: 59
Notícias Agora
Google News