29/02/2024 11:33:41

Mundo
30/09/2023 18:00:00

O que se sabe sobre ataques a tiros que deixaram mortos na Holanda


O que se sabe sobre ataques a tiros que deixaram mortos na Holanda

Ataques a tiros cometidos por um estudante de 32 anos deixaram três mortos em Roterdã, na Holanda, segundo autoridades locais.

O homem disparou contra uma casa no bairro onde mora, matou uma mulher de 39 anos e a filha dela, de 14.

Depois, ele se dirigiu ao hospital universitário Eramus MC, onde estuda, entrou em uma sala de aula e matou um professor de 43 anos.

A polícia holandesa informou que prendeu o homem armado. Os motivos do ataque não foram divulgados até o momento.

Policiais de unidades especiais da polícia local em hospital que foi atacado em Roterdã

CRÉDITO,EPA

 

 

Unidades especiais da polícia holandesa foram acionadas

O homem causou incêndios em ambos os locais logo após cada ataque.

"Ficamos chocados com um incidente horrível. Tiros foram disparados em dois lugares diferentes da cidade. Muitas pessoas testemunharam", disse o prefeito de Roterdã, Ahmed Aboutaleb.

O ataque começou pouco depois das 14h no horário local (9h do horário de Brasília).

Imagens mostram equipes médicas fugindo do hospital e forças de segurança no local.

Um segurança que diz ter sido o primeiro a chegar ao local disse à BBC que foi um dia “chocante”.

“Foi terrível, terrível”, disse ele, visivelmente abalado e sem querer revelar seu nome.

Ele disse que o atirador não entrou no centro médico pela entrada principal.

Policial em hospital que foi atacado em Roterdã

CRÉDITO,EPA

Imagens mostram um homem vestido com roupas camufladas sendo retirado do centro médico algemado.

Um estudante de medicina disse ao site RTL Nieuws: "Primeiro houve um tiroteio no quarto andar. Quatro ou cinco tiros foram disparados. Depois um coquetel molotov foi jogado."

Antes da prisão, a polícia disse que o suspeito alto, de cabelos escuros e equipamento de combate poderia estar em uma motocicleta e carregava uma mochila, fones de ouvido e uma arma.

A polícia acredita que ele agiu sozinho, mas ainda não está claro qual teria sido o motivo do ataque, segundo o promotor-chefe de Roterdã, Hugo Hillenaar.

Hillenaar disse ainda que o suspeito era conhecido pelas autoridades e, em 2021, foi processado e condenado por abuso de animais.

O primeiro-ministro holandês, Mark Rutte, escreveu numa publicação nas redes sociais: “Os meus pensamentos vão para as vítimas da violência, para os seus entes queridos e para todas as pessoas que sentiram grande medo”.

Fonte BBC News Brasil



Enquete
Se fosse fosse gestor, o que você faria em União dos Palmares: um campo de futebol ou a barragem do rio para que não falte agua na cidade?
Total de votos: 59
Notícias Agora
Google News