Polícia
06/01/2018 20:22:50

Mulher que tentou raptar bebê em maternidade mentiu dizendo estar grávida


Mulher que tentou raptar bebê em maternidade mentiu dizendo estar grávida
A acusada está presa

Já é Notícia - A delegada da Infância e da Juventude, Rosimere Gomes Chaves, explicou para a população arapiraquense o caso que assustou várias mães no Hospital Regional, em Arapiraca, na noite de ontem, 04, quando uma mulher tentou sequestrar uma criança recém-nascida.

Em entrevista ao Programa Canal 96, do radialista Mitchel Torquato, a delegada que está a frente das investigações do caso, afirmou que a mulher, identificada como Rosimaura Melo da Silva, 28 anos, aparenta ter problemas psicológicos e que ela saiu de casa, na cidade de Craíbas, afirmando que iria dar a luz a uma criança.

A mulher passou pelo setor de registro do hospital, afirmando que estava sentindo contrações para ter bebê e, devido a isso, ficou na unidade hospitalar. Passou o dia próximo a uma mulher que havia parido há pouco e aproveitou o momento em que a vítima foi tomar banho para tentar sequestrar a criança. Rosimaura Melo colocou a bebê recém-nascida dentro de uma bolsa e fechou o zíper, ocasião que a acompanhante de outra parturiente acionou uma enfermeira e a sequestradora foi impedida de sair do hospital.

Na Delegacia, Rosimaura alegou que não tinha filhos, mas quando sua família chegou ao local, a delegada foi informada que Rosimaura já tinha quatro filhos. “Ela aparenta não estar muito bem psicologicamente. Ela tinha mentido para toda família afirmando estar grávida de nove meses. Ela alegou que teria tentado roubar a criança porque queria dar um filho ao atual companheiro”, explicou a delegada.

Rosimaura Moura está detida e irá responder por subtração de incapaz, e pode pegar de 2 há 6 anos de prisão. Em entrevista para o Programa AL TV, a mãe da crainça que iria sendo raptada afirmou que não acreditou quando percebeu que era sua filha que estava sendo levada. Ela disse que registrou a criança na manhã desta sexta-feira, 05, e, devido ao ocorrido, batizou a menina com o nome Ana Vitória.

A Redação do Portal Já é Notícia entrou em contato com a Assessoria de Comunicação do Hospital Regional, que, em nota, informou que a Direção do Hospital Regional lamenta o ocorrido e informa que todas as medidas de segurança normalmente são tomadas para que casos assim não ocorram. 





Outras Notícias

Enquete
De 0 a 5 que nota você dá a atual administração município de União dos Palmares
Total de votos: 1038