Em breve: Agência Tribuna União de Notícias

10/01/2017 09:51:38 Geral | Saúde

Ministério da Saúde orienta população a tomar vacina contra febre amarela




Aproveitando o período com maior número de casos de febre amarela no Brasil, o Ministério da Saúde reforça a orientação para que todos que moram ou que vão viajar para locais com recomendação da vacina, sejam imunizados. Entre julho de 2014 e dezembro de 2016 foram notificados 783 casos da doença, mas apenas 14 foram confirmados.

 

A febre amarela tem maior número de casos entre dezembro e maio em regiões silvestres, rurais ou de mata. Segundo o Ministério da Saúde, a vacina é altamente eficaz e segura para o uso, a partir dos nove meses de idade em situações de rotina, ou a partir de seis meses de idade, em casos de surto da doença.

 

A Organização Mundial da Saúde considera que apenas uma dose da vacina já é suficiente para a proteção por toda a vida. No entanto, como pode haver queda na imunidade com o tempo de vacinação, o Ministério da Saúde definiu optou por adotar duas doses, sendo uma  aos noves meses de idade com reforço aos quatro anos. Para pessoas de 2 a 59 anos, a recomendação é de duas doses, normalmente com intervalo de dez anos.

 

O alerta vai apenas para quem tem problemas de imunidade. Nesse caso, a administração da vacina deve ser condicionada a avaliação médica individual de risco-benefício. Indivíduos com história de reação anafilática relacionada a substâncias presentes na vacina, como ovo de galinha e seus derivados, gelatina e outros produtos que contêm proteína animal bovina, assim como pacientes com história pregressa de doenças do timo (miastenia gravis, timoma, casos de ausência de timo ou remoção cirúrgica), também devem buscar orientação de um profissional de saúde.

 

Febre Amarela

Os sintomas iniciais incluem febre, calafrios, dor de cabeça, dores nas costas, dores no corpo em geral, náuseas e vômitos, fadiga e fraqueza. Em casos graves, a pessoa pode ter febre alta, icterícia (coloração amarelada da pele e do branco dos olhos), hemorragia e, eventualmente, choque e insuficiência de múltiplos órgãos. Cerca de 20% a 50% das pessoas desenvolvem doença grave, podendo morrer. EBC //


NOTÍCIAS RELACIONADAS


IFAL no Benedito Bentes em Maceió
23/03/2017 09:13:12 Geral | Trabalho
Ifal abre seleção para contratar 285 professores de vários cursos

O Instituto Federal de Alagoas (Ifal) está com inscrições abertas para o preenchimento de 285 vagas no cargo de docente nos cursos oferecidos por meio do Programa Mulheres Mil, iniciativa de capacitação profissional feminina. O período de candi...



TJ em Maceió
23/03/2017 09:11:28 Geral | Solidariedade Humana
Projeto Servos: servidores do TJ já podem entregar doações para abrigo de idosas

“Aqui é muito bom, não falta nada, a gente não pode reclamar de nada. Eles são muito trabalhadores. Não quero sair daqui não”. Dona Zenóbia Avelino da Silva não deixa margem a dúvidas sobre o tratamento que recebem as idosas que moram na...



Ilustração
23/03/2017 09:07:50 Geral | Maceió
Liminar da Presidência do TJ/AL libera Zona Azul em Maceió

O presidente do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ/AL), desembargador Otávio Leão Praxedes, acolheu o recurso formulado pela Prefeitura de Maceió e pela Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT), e autorizou, liminarmente, a i...



Momento da partida no Rei Pelé, em Maceió
23/03/2017 09:07:38 Geral | Esportes
Sem poder ofensivo, CRB empata com o Itabaiana e está fora da Copa do Nordeste

A torcida compareceu em peso, fez a sua parte, mas não conseguiu empurrar o CRB rumo a classificação na Copa do Nordeste. Jogando no Rei Pelé na noite desta quarta-feira (22) o CRB fez uma espécie de final antecipada contra o Itabaiana, apresent...



23/03/2017
Visitas: 65330736
Visitas De Hoje: 9571


ENQUETE

Você concorda com a Setorização das feiras livres em União?
Total de votos: 304


Tribuna União 2007 - 2017
© Copyrigth - atribunadeuniao@gmail.com