10/01/2017 09:51:38 Geral | Saúde

Ministério da Saúde orienta população a tomar vacina contra febre amarela




Aproveitando o período com maior número de casos de febre amarela no Brasil, o Ministério da Saúde reforça a orientação para que todos que moram ou que vão viajar para locais com recomendação da vacina, sejam imunizados. Entre julho de 2014 e dezembro de 2016 foram notificados 783 casos da doença, mas apenas 14 foram confirmados.

 

A febre amarela tem maior número de casos entre dezembro e maio em regiões silvestres, rurais ou de mata. Segundo o Ministério da Saúde, a vacina é altamente eficaz e segura para o uso, a partir dos nove meses de idade em situações de rotina, ou a partir de seis meses de idade, em casos de surto da doença.

 

A Organização Mundial da Saúde considera que apenas uma dose da vacina já é suficiente para a proteção por toda a vida. No entanto, como pode haver queda na imunidade com o tempo de vacinação, o Ministério da Saúde definiu optou por adotar duas doses, sendo uma  aos noves meses de idade com reforço aos quatro anos. Para pessoas de 2 a 59 anos, a recomendação é de duas doses, normalmente com intervalo de dez anos.

 

O alerta vai apenas para quem tem problemas de imunidade. Nesse caso, a administração da vacina deve ser condicionada a avaliação médica individual de risco-benefício. Indivíduos com história de reação anafilática relacionada a substâncias presentes na vacina, como ovo de galinha e seus derivados, gelatina e outros produtos que contêm proteína animal bovina, assim como pacientes com história pregressa de doenças do timo (miastenia gravis, timoma, casos de ausência de timo ou remoção cirúrgica), também devem buscar orientação de um profissional de saúde.

 

Febre Amarela

Os sintomas iniciais incluem febre, calafrios, dor de cabeça, dores nas costas, dores no corpo em geral, náuseas e vômitos, fadiga e fraqueza. Em casos graves, a pessoa pode ter febre alta, icterícia (coloração amarelada da pele e do branco dos olhos), hemorragia e, eventualmente, choque e insuficiência de múltiplos órgãos. Cerca de 20% a 50% das pessoas desenvolvem doença grave, podendo morrer. EBC //


NOTÍCIAS RELACIONADAS


Hotel Emiliano em São Paulo
20/01/2017 20:10:03 Geral | Lava Jato
Hotel de morto em acidente com Teori seria local de troca de propina

Uma delação do dono da construtora UTC, Ricardo Pessoa, revela que o hotel do amigo do ministro Teori Zavascki - também morto no acidente de avião da quinta-feira (19) - seria usado como ponto de encontro de políticos investigados.   Em d...



Divulgação
20/01/2017 20:07:38 Geral | Alagoas Educação
Matrículas de novatos da rede estadual inicia na quarta-feira (25)

Após a efetivação da pré-matrícula online, onde puderam escolher até três opções de escolas, é chegada a hora de pais ou responsáveis confirmarem a matricula dos novatos da rede pública estadual. Entre os dias 25 e 27 de janeiro, eles dev...



Min istro visita TRE em Maceió
20/01/2017 20:05:35 Geral | Alagoas
No exercício da Presidência do STJ, ministro Humberto Martins se reúne com desembargadores eleitorais

O vice-presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro Humberto Eustáquio Soares Martins, atualmente no exercício da Presidência do órgão, se reuniu com os desembargadores eleitorais que integram o Pleno do Tribunal Regional Eleitora...



Senai em Maceió
20/01/2017 20:04:13 Geral | Curso do Senai
Senai oferta curso para área com carência de profissionais em Alagoas

Procuram-se operadores de processos cerâmicos, em Alagoas. No Estado, há vagas para estes profissionais na indústria do setor, porém, faltam profissionais no mercado. Esses especialistas definem a qualidade matéria-prima das cerâmicas, identifi...



20/01/2017
Visitas: 63591150
Visitas De Hoje: 19217


ENQUETE

Quais são no seu entendimento as principais carências da comunidade palmarina?
Total de votos: 116


Tribuna União 2007 - 2017
© Copyrigth - atribunadeuniao@gmail.com
site desenvolvido por: Lincoln Luiz - lincolnluiz.com@gmail.com