15/11/2016 07:55:32 Viver Bem | Viver Bem

8 dicas para se livrar do ácaro, o vilão da rinite




Os ácaros são organismos extremamente pequenos, visíveis apenas por microscópio, mas que podem causar grandes transtornos para a saúde. Para que provoquem uma reação alérgica, porém, é necessário que a pessoa já tenha algum problema. “Geralmente, acometem aquelas que têm asma ou rinite, alergias respiratórias mais comuns”, explica a otorrinolaringologista do Seconci-SP (Serviço Social da Construção), Adriana Albarello.

As rinites alérgicas são enfermidades crônicas provocadas pelo contato com alérgenos (substâncias que o organismo considera estranhas), como ácaros, poeira, pelos de animais, mofo, perfume, produtos de limpeza, tinta, fumaça de cigarro, entre outras.

Segundo a médica, a rinite alérgica tem características hereditárias, entretanto, pode se manifestar em uma pessoa que não nasceu alérgica, mas possui um sistema imunológico que desenvolve uma resposta exagerada quando entra em contato com algum alérgeno.

Cuidados com a higiene ambiental

“É muito importante evitar o contato com o ácaro, que prolifera na poeira doméstica, especialmente nos lençóis e travesseiros, tapetes, colchões, cobertores, carpetes, cortinas e bichos de pelúcia. Por isso, o ambiente deve ser bem ventilado, cuidadosamente limpo e, de preferência, ensolarado”, recomenda a dra. Adriana.

Sintomas

Quanto maior a exposição aos alérgenos, maior será a quantidade de anticorpos produzidos e mais intensos os seguintes sintomas: edema da mucosa que leva à obstrução nasal, coriza, espirros, coceira no nariz, na garganta e no céu da boca.

Tratamento

“Existem vários medicamentos que podem aliviar os sintomas ou prevenir as crises da rinite alérgica. Ao primeiro grupo pertencem os descongestionantes e os anti-histamínicos, ambos para uso tópico ou sistêmico; ao segundo, os estabilizadores de membranas e os corticosteróides. Nenhuma dessas drogas é isenta de efeitos colaterais adversos e eventualmente podem ter graves consequências. Por isso, devem ser utilizadas somente quando prescritas por um médico e na dosagem recomendada”, afirma a médica.

Segundo a dra. Adriana há também vacinas para o tratamento das rinites alérgicas, disponíveis em clínicas privadas. Elas são preparadas com base nos resultados de testes cutâneos, de acordo com as características de cada paciente. “O tratamento é longo, porém quando feito corretamente, diminui a sensibilidade do doente aos alérgenos”, disse.

A médica alerta para o uso dos descongestionantes nasais, que são vasoconstritores. “Eles garantem alívio imediato, mas precisam ser usados com cuidado. O uso contínuo do remédio vicia, fazendo com que o organismo precise cada vez de quantidade maior para ter o mesmo resultado. A longo prazo, os descongestionantes podem danificar a mucosa nasal (necrose), provocar problemas cardíacos, aumento de pressão e, até mesmo, causar parto pré-maturo”, afirma.

Recomendações:

- Lembre-se de que prevenir é o melhor remédio. Por isso, todo o cuidado na limpeza da casa para diminuir a proliferação dos ácaros é pouco;

- Mantenha os ambientes arejados e expostos ao sol durante a maior parte do tempo;

- Não use vassouras e espanadores. Dê preferência aos aspiradores com filtro e use um pano úmido para remover o pó dos móveis e do chão;

- Evite bichos de pelúcia nos quartos das crianças. Opte por brinquedos de plástico;

- Procure acostumar seus animais de estimação a viver fora de casa. Não os deixe subir nos estofados nem nas camas onde as pessoas dormem;

- Use soro fisiológico para limpar e hidratar o nariz;

- Adote um estilo de vida saudável. Evite alimentos industrializados e com condimentos. Se, por acaso, algum alimento for responsável por desencadear as crises, elimine-o da sua dieta;

- Não use remédio sem receita. Procure sempre um especialista. Notícias ao Minuto

 

 


NOTÍCIAS RELACIONADAS


Ilustração
17/12/2016 14:32:06 Viver Bem | Viver Bem
4 alimentos que ajudam a reduzir o colesterol

O colesterol tem uma fama ruim, no entanto este lipídio é fundamental para o organismo, pois cria uma membrana plasmática que regula a entrada e saída de substâncias nas células. Além disso, ele é imprescindível para a formação de tecido n...



Ilustração
16/12/2016 06:45:32 Viver Bem | Viver Bem
Doenças de verão: conheça as mais comuns e saiba como se prevenir

Dados do Ministério da Saúde divulgados recentemente revelam que os casos de chikungunya tiveram um crescimento de 850% em 2016. Foram mais de 251 mil ocorrências da doença, que resultaram em 138 óbitos. Em 2015, foram 26 mil ocorrências e some...



Foto Ilustrativa
15/12/2016 14:01:44 Viver Bem | Viver Bem
O que as ereções matinais podem revelar sobre a saúde masculina?

Uma das maiores preocupações da vida dos homens é sobre a saúde dos seus órgãos genitais, em especial do pênis. E a ciência já descobriu que ter ou não ereções pela manhã pode ser um sinal de alerta para a saúde. Acordar com ...



Figura Ilusrativa
13/12/2016 18:07:39 Viver Bem | Viver Bem
Conheça 7 mitos e verdades sobre a gastrite

Caracterizada pela inflamação crônica na mucosa do estômago por uma bactéria chamada Helicobacter pylori e responsável por sintomas como sensação de dor na boca do estômago, náusea e/ou vômitos, estima-se que 70% da população do Brasil s...



20/01/2017
Visitas: 63591078
Visitas De Hoje: 19145


ENQUETE

Quais são no seu entendimento as principais carências da comunidade palmarina?
Total de votos: 116


Tribuna União 2007 - 2017
© Copyrigth - atribunadeuniao@gmail.com
site desenvolvido por: Lincoln Luiz - lincolnluiz.com@gmail.com