Em breve: Agência Tribuna União de Notícias

27/08/2015 16:27:35 Entretenimento | Especiais

Caju e castanha de caju são aliados dos diabéticos e do coração




O caju é fonte de energia, carboidrato, fonte de energia para o corpo, proteínas, importante para a formação dos músculos, e gorduras. As fibras alimentares, que contribuem para o trânsito intestinal, vitaminas do complexo B, aliadas do sistema neurológico, vitamina C, que melhora a imunidade e vitamina K, importante para a coagulação sanguínea. 

O caju ainda possui cálcio, bom para os ossos e dentes, zinco, essencial para diabéticos e para a imunidade, manganês e magnésio, que ajudam na formação de tecido e células e também reduzem a pressão arterial.  

1_Ferro, que ajuda na prevenção da anemia, fósforo, essencial para os ossos, cobre, importante para a respiração, potássio, necessário para a contração muscular, e inúmeros outros nutrientes e substâncias químicas também estão presentes no pseudofruto ou na castanha.  
O caju é indicado no tratamento de anemia, previne problemas de visão como a catarata, ajuda no fortalecimento dos ossos, na prevenção de células cancerígenas e fortalece os ossos. A presença de compostos fenólicos ajuda a prevenir doenças do coração e devido às fibras, o pseudofruto contribui para o trânsito intestinal, diminuindo a prisão de ventre. 

O caju ajuda a prevenir o câncer de pulmão, mama, próstata e de boca, pois é rico em licopeno e beta caroteno, que constituem uma excelente fonte de flavonoides, que por sua vez são um dos melhores combatentes do câncer. Ele contém um flavonoide chamado proantocianidinas, que inibe o desenvolvimento do tumor e previne o crescimento de células cancerosas. 

Já a castanha do caju possui gorduras monoinsaturadas na forma de ácido oleico, que reduzem o nível elevado de triglicérides, diminuindo a pressão sanguínea e melhorando a circulação. Também é uma fonte de ômega-3, ácidos graxos, que é conhecido por combater problemas cardíacos e impedir arritmia cardíaca.  

Para os diabéticos, é importante saber que o caju possui baixa quantidade de açúcares, não aumentando a quantidade de açúcar no sangue rapidamente e também ajuda no combate de diabetes tipo 2.  

Outros benefícios são: o fortalecimento do sistema imunológico, a prevenção contra cálculos biliares, prevenção contra radicais livres ajudando no rejuvenescimento da pele, aumento da flexibilidade de músculos e articulações, e também melhoram a cicatrização de ferimentos. 

É recomendado que seja consumida de 3-5 castanhas por dia, por ter um valor calórico elevado. Do caju, uma unidade é o suficiente por dia. A melhor maneira de consumir o caju é em sucos, ou o próprio pseudofruto. Também pode ser consumido em doces, compotas, geleias e até tortas salgadas.Aqui Acontece – Minha Vida  

 


NOTÍCIAS RELACIONADAS


Figura Ilustrativa
11/10/2016 03:52:54 Entretenimento | Especiais
Por que algumas pessoas têm cara de antipática? Ciência explica

Notícias ao Minuto //   Muitas pessoas ouvem sempre que são consideradas antipáticas por quem não as conhece e até mesmo algumas celebridades carregam a estigma de terem cara de "poucos amigos", entre homens e mulheres.   O que par...



Figura Ilustrativa
10/10/2016 10:56:32 Entretenimento | Especiais
Para associação, análise feita pelo STF sobre vaquejada é superficial

Agência Brasil //   Prática esportiva tradicional no Nordeste, a vaquejada se tornou ilegal a partir de decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), que considerou inconstitucional a lei que regulamenta a atividade no estado do Cear...



Lance do Jogo
09/10/2016 09:23:46 Entretenimento | Esportes
CRB mostra reação nos minutos finais, mas é derrotado pelo Paraná por 5 x 3

Tnh1 /   Em partida válida pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, CRB e Paraná duelaram na noite deste sábado (08) no Estádio Durival de Brito, em Curitiba. O confronto, que teve início às 21h, terminou com o placar de 5 ...



Jeanne viveu maior periodo de vida entre os humanos até hoje
07/10/2016 05:12:24 Entretenimento | Especiais
Limite máximo de uma vida humana pode já ter sido atingido. E são 122 anos

Agência El País //   A pessoa que mais tempo viveu, de que se tem conhecimento, foi Jeanne Calment. Essa mulher francesa morreu em Arles (França) aos 122 anos de idade, em 1997, e desde então ninguém superou a sua marca. Como acontec...



23/03/2017
Visitas: 65341704
Visitas De Hoje: 20536


ENQUETE

Você concorda com a Setorização das feiras livres em União?
Total de votos: 311


Tribuna União 2007 - 2017
© Copyrigth - atribunadeuniao@gmail.com