24/06/2022 19:02:32

Municípios
19/05/2022 23:00:00

Prefeituras alagoanas retomam as festas juninas

Gestões municipais vislumbram geração de emprego e renda para as cidades e anunciam atrações para fortalecer a economia e turismo


Prefeituras alagoanas retomam as festas juninas

Após dois anos sem comemorar a festa mais tradicional do Nordeste, várias prefeituras de Alagoas estão confirmando atrações para o São João de 2022. O presidente da Associação dos Municípios Alagoanos (AMA), o prefeito de Cacimbinhas, Hugo Wanderley (MDB), disse que as gestões municipais têm acompanhado os índices epidemiológicos da Covid-19, por isso, os municípios decidiram retornar com as festividades juninas.

“Com a estabilização no número de internamentos e mortes, como também a vacinação avançada por todo o estado, esperamos que esse ano a gente possa ter um ano junino com muitas festas e felicidade, com cada cidadão cumprindo com as determinações de cada região. Esta é a chance para que a gente gere ainda mais renda e empregos em nossa Alagoas, que está com índices avançados de desenvolvimento”, comentou.

A capital alagoana, por exemplo, vai informar nesta quarta-feira(18), a partir das 19h, a programação oficial do São João de Maceió. Os atrativos juninos serão informados pelo prefeito JHC (PSB).

Em São Miguel dos Campos, cidade famosa por festejar o mês de junho inteiro, a prefeitura confirmou que terá atrações do dia 12 ao dia 30. “A cidade já está vivendo o clima e a expectativa deste, que é o maior evento da região. Temos a certeza de que será uma linda festa, e que a economia ganhará positivamente”, comentou o prefeito George Clemente (MDB).

“Nós passamos dois anos inteiros seguindo as recomendações das autoridades sanitárias sobre a Covid e mantendo as convenções de distanciamento social. Com a redução nos números de contágio da doença e, principalmente, nos números de mortes, e com o avanço no número de pessoas vacinadas, chegou o momento de proporcionar lazer para a população, que muitas vezes é privada de opções de diversão e cultura. Por isso entendemos que esse momento é especial”, disse Claudio Filho Cacau (MDB), prefeito de Marechal Deodoro.

“Além de marcar o retorno das confraternizações, acontece em uma data muito importante para o nordeste, marcando as tradições da nossa cultura e do nosso povo”, continuou.
O prefeito de Pilar, Renato Filho (MDB) garantiu que a cidade está se preparando para fazer uma grande festa junina, valorizando, como não poderia deixar de ser, a cultura pilarense.

“Vamos, inclusive, reservar alguns dias da nossa festa especialmente para grupos e forrozeiros do Pilar. Será um São João itinerante. E também não vai faltar o tradicional milho. Iremos, com isso, estimular o turismo, movimentar o comércio local e, o que é mais importante, gerar emprego e renda em nossa cidade”, garante.

Em Atalaia, a prefeita Ceci Rocha (PSC), assegura que a retomada das festividades juninas deve colocar o município como protagonista no Vale do Paraíba.

“Estamos preparando um São João do jeito que o povo de Atalaia merece: animado e com boas atrações. Vejo que esse retorno é positivo porque vai movimentar a economia local, fomentar o turismo e gerar renda para o município. Estamos trabalhando para fazer um mega evento que se consolide uma das melhores festas juninas de Alagoas. Será o maior São João do Vale do Paraíba”, afirmou a prefeita Ceci Rocha (PSC).

“Estamos trabalhando muito para resgatar a cultura de Jequiá da Praia. Além disso, não estamos medindo esforços para que a festa seja a mais segura possível, com socorristas, ambulâncias, bombeiros e policiamento. Teremos dois dias com grandes shows [3 e 4 de junho] na Praça José Pacheco, além de uma programação ao longo de junho na Praça Napoleão Barbosa, com trio Nordestino, apresentação de quadrilhas e muito mais”, garantiu o prefeito Felipe Jatobá (PP).

tribuna hoje



Enquete
Se posicione a favor ou contra o uso da macanha mesmo para fins medicinais
Total de votos: 41
Google News