28/01/2022 12:55:40

Mundo
30/11/2021 00:00:00

Defesa de Taiwan mobiliza forças após 27 aeronaves da China entrarem em sua ADIZ


Defesa de Taiwan mobiliza forças após 27 aeronaves da China entrarem em sua ADIZ

No domingo (28), o Ministério da Defesa de Taiwan informou que a Força Aérea da ilha foi mobilizada para avisar 27 aeronaves chinesas, que entraram em sua Zona de Identificação da Defesa Aérea (ADIZ, na sigla em inglês), para se afastarem.

Cinco bombardeiros e seis dos caças chineses voaram para sul de Taiwan para o canal de Bashi, que separa a ilha das Filipinas, e depois para o Pacífico, antes de voltarem para a China, de acordo com um mapa fornecido pela Defesa da ilha.
 
Esses aviões foram acompanhados por uma aeronave de reabastecimento.
 
Por sua vez, Taiwan enviou aeronaves de combate para avisar as aeronaves chinesas para se afastarem, enquanto sistemas de mísseis foram acionados para os monitorar, segundo o ministério.
 
Taiwan, que é reivindicado pela China, reclamou várias vezes sobre as missões aéreas chinesas perto da ilha, geralmente na parte sudoeste da ADIZ, perto das ilhas Pratas controladas por Taipé.
 
A última missão chinesa incluiu 18 caças e cinco bombardeiros H-6 com capacidade nuclear, bem como um avião de reabastecimento Y-20, conforme o Ministério de Defesa de Taiwan.
 
br.sputniknews.com