28/01/2022 12:57:43

Cultura
01/11/2021 11:11:00

Vamos Subir a Serra chega à 5ª edição fortalecendo a cultura afro em Alagoas


Vamos Subir a Serra chega à 5ª edição fortalecendo a cultura afro em Alagoas

Cultura, arte, reconhecimento, visibilidade e geração de renda. Palavras que resumem bem o projeto “Vamos Subir a Serra”, que chega à 5ª edição, apresentando a história, o talento e as potencialidades da população negra em Maceió e União dos Palmares. Realizado sempre no mês de novembro, em alusão às celebrações do Dia da Consciência Negra, em 2021, ele ocorre entre os dias 12 e 19.

Em Maceió, o Vamos Subir a Serra acontecerá entre os dias 12 e 15 de novembro, na Praça Multieventos, que fica localizada na Orla da Pajuçara. Por lá, maceioenses e turistas poderão desfrutar de mais de 40 atividades gratuitas como apresentações culturais, oficinas e espaço beleza negra, debates e palestras; feira gastronômica e do empreendedor, pocket show, sarau com palco aberto para poéticas negras, roda literária, dentre outras ações.

Já em União dos Palmares, o projeto chega ainda mais forte que nos anos anteriores, com três dias de atividades, 17 a 19, e uma projeção mapeada inédita no Parque Memorial Quilombo dos Palmares, na Serra da Barriga, que será aberta ao público.

Malungos e Erês

Os dias 17 e 18 serão voltados para os Malungos– companheiros de luta (estudantes universitários de União, professores e militantes) -, e para os Erês – crianças e adolescentes de escolas públicas de União dos Palmares e de escolas indígenas da aldeia Wassu Cocal. Por lá, haverá oficinas, palestra sobre educação antirracista com historiadores, professores e representantes quilombolas, indígenas e da população cigana, além de apresentação afrocultural, encerrando com a projeção mapeada.

No dia 19, o projeto Vamos Subir a Serra encerra sua 5ª Edição com atividades na praça Basiliano Sarmento, no Centro de União dos Palmares, com a exibição do longa alagoano “Cavalo”, e apresentações culturais.

Devido à pandemia de Covid-19, o Projeto estará adotando todas as medidas de segurança e boas práticas previstas pelos protocolos sanitários, garantindo ao público um espaço seguro.

Para a coordenadora-geral do projeto, Valdice Gomes, fortalecer e valorizar os fatos históricos, tradições, hábitos e costumes saudáveis do nosso povo é contribuir para elevação da autoestima, atribuindo valor, identidade, pertencimento, disciplina e motivação para mudar.

“Sendo a população alagoana composta em mais de 67% de pessoas que se autodeclaram negra é fundamental reafirmar a importância do episódio histórico da luta pelo apogeu da liberdade no Quilombo dos Palmares, refletir sobre a realidade da população negra e valorizar a rica cultura afro-alagoana em toda sua diversidade”, destacou.

Homenagem

A 5ª edição traz ainda uma homenagem aos 50 anos do primeiro ato civil pelo Dia da Consciência Negra, realizado pelo Grupo Palmares de Porto Alegre, em 1971, que teve como objetivo valorizar a figura heroica de Zumbi dos Palmares, líder do Quilombo dos Palmares.

Assim, sendo Alagoas um território de lutas e resistência de negros e negras, o Vamos Subir a Serra já se constitui o maior evento afro cultural do Norte Nordeste, que coloca o estado de Zumbi como palco histórico de legitimação e representatividade em defesa da dignidade e direitos da população negra.

O Vamos Subir a Serra é um evento realizado pelo Centro de Cultura e Estudos Étnicos Anajô, entidade do movimento negro de Alagoas, vinculada aos Agentes de Pastoral Negros do Brasil (APNs).

Para viabilizar a realização do projeto conta com diversas parcerias, patrocínios e apoios como emendas parlamentares dos deputados federais Pedro Vilela e Tereza Nelma e do senador Rodrigo Cunha, executadas via Fundação Cultural Palmares, SNPIR e Prefeitura de Maceió, através da Fmac; Sebrae, Sesc, Senac, Prefeitura de União dos Palmares via secretarias de Turismo e Cultura, e patrocínio social do TikTok.

Tribuna Hoje