21/10/2021 02:00:06

Atualidade
20/09/2021 13:00:00

Sesau Promove Fórum De Prevenção Ao Suicídio Na Próxima Quarta (22)


Sesau Promove Fórum De Prevenção Ao Suicídio Na Próxima Quarta (22)

As estatísticas sobre suicídio, uma das prioridades globais de saúde pública, são alarmantes e a maioria dos casos poderia ser evitada. Segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), no mundo, uma pessoa comete suicídio a cada 40 segundos. No Brasil, acontece um suicídio a cada 45 minutos.

A estimativa da OMS é de que mais de 800 mil pessoas cometam suicídio todos os anos. Cada morte afeta aproximadamente 135 pessoas de alguma forma, totalizando 108 milhões de pessoas enlutadas por ano. Além disso, pelo menos nove a cada dez suicídios poderiam ser evitados com a promoção de campanhas educativas de prevenção. E foi pensando nisso que a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), por meio da Supervisão de Atenção Psicossocial (Suap), promove o Setembro Amarelo, que é o mês de prevenção e posvenção (assistência de saúde mental aos sobreviventes impactados) ao suicídio.

Este ano, a iniciativa conta com um fórum, cujo tema será “Valorização da Vida: fatores protetivos na prevenção do suicídio”, que ocorrerá na próxima quarta-feira (22), das 8h30 às 14h. O evento será híbrido, ou seja, os interessados poderão escolher se assistirão online ou presencialmente, no auditório do Senai, no bairro Poço, em Maceió.

A programação do fórum é gratuita e qualquer pessoa pode se inscrever, através deste link. O fórum conta com duas palestras e quatro mesas temáticas, onde serão debatidos assuntos como populações em vulnerabilidade, perfil epidemiológico do suicídio no Estado, saúde do idoso, uso racional de medicamentos, importância dos sinais no sistema educacional e população em vulnerabilidade na pandemia.

O psicólogo, Rodrigo Gluck, supervisor de Atenção Psicossocial da Sesau, explica que a autolesão e o suicídio abrangem várias esferas. “Não é somente um problema de saúde, pois tem outros fatores agregadores. Sendo assim, é importante o fórum, justamente para promover uma discussão multidisciplinar e com vários entes e órgãos, que de maneiras diretas ou indiretas, lidam com essa problemática”, salientou.

Ainda de acordo com Rodrigo Gluck, a expectativa é que, por meio do fórum, seja fortalecida a discussão sobre a necessidade do cuidado e dos fatores protetivos, justamente para fortalecer a prevenção. “Também esperamos que possamos estreitar mais o laços entre as entidades que participarem e que, assim, busquemos caminhos para a temática”, completou o psicólogo e supervisor de Atenção Psicossocial da Sesau.

Com Ascom Sesau

http://www.muricionline.com.br/ 



Enquete
Você concorda com a mudança da feira livre de União dos Palmares para a margem da BR-104?
Total de votos: 324
Google News