14/08/2020 20:29:22

18/09/2009 00:00:00

Especiais


Especiais

com agenciabrasil //

Os sindicatos de bancários e a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) não chegaram a a um acordo na rodada de hoje (17) de negociações salariais. De acordo com o presidente do Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região, Luiz Cláudio Marcolino, a proposta apresentada pelos banqueiros foi aquém da esperada pela categoria.

"Os banqueiros perderam mais uma chance para buscar um acordo na mesa de negociação, ao apresentar um reajuste que não prevê aumento real de salários e PLR [Participação nos Lucros e Resultados] menor do que no ano passado, apesar de se manterem entre os setores mais lucrativos do país. Dessa forma, não resta aos trabalhadores outra opção, que não seja a greve", disse Marcolino.

Os dirigentes sindicais pedirão que seja marcada nova rodada de negociação até o dia 23 de setembro, quando os sindicatos de todo o país vão realizar assembleias para decidir o início ou não de greve.



Enquete
Qual o candidato de sua preferência para a Prefeitura de União dos Palmares?
Total de votos: 9617
Google News