10/04/2021 15:56:40

Coronavirus
02/04/2021 10:00:00

Com 17 estados e o DF com ocupação de UTIs superior a 90%, Fiocruz vê momento “extremamente crítico” e pede lockdown


Com 17 estados e o DF com ocupação de UTIs superior a 90%, Fiocruz vê momento “extremamente crítico” e pede lockdown

A Fiocruz divulgou nesta quarta-feira o mais recente boletim extraordinário do Observatório da Covid-19, que classificou como “extremamente crítico” o quadro geral do país. Dezessete estados, além do Distrito Federal, estão com taxa de ocupação de UTIs para tratamento do coronavírus superior a 90%.

São eles:

  • Norte: Rondônia (98%), Acre (97%), Amapá (100%) e Tocantins (97%);

  • Nordeste: Piauí (96%), Ceará (94%), Rio Grande do Norte (95%) e Pernambuco (97%);

  • Sudeste: Minas Gerais (94%), Espírito Santo (94%) e São Paulo (92%);

  • Sul: Paraná (93%), Santa Catarina (99%) e Rio Grande do Sul (95%);

  • Centro-Oeste: Mato Grosso do Sul (100%), Mato Grosso (97%), Goiás (94%) e Distrito Federal (97%).

Apenas duas unidades federativas permanecem na zona de alerta intermediário: Amazonas, com 76%, e Roraima, 62%. Todas as outras estão na zona de alerta crítico, com mais de 80%.

Diante deste cenário, a Fiocruz destacou a necessidade da adoção do lockdown em todo o Brasil por pelo menos duas semanas, para que haja redução significativa das taxas de transmissão, número de casos e das pressões sobre o sistema de saúde.

Além disso, a Fundação reafirmou a importância de medidas de resposta para a adequação de oferta de leitos e a ampliação das ações de saúde da Atenção Primária em Saúde (APS), com abordagem territorial e comunitária.

Situação de São Paulo serve de alerta

Segundo o boletim, o momento vivido por São Paulo é um alarme de como a crise afeta o sistema de saúde e o quadro sanitário do país. Em fevereiro, o estado contava com 111 municípios com estrutura hospitalar para o enfrentamento da Covid-19, 26,4% em relação ao total do país.

“Neste novo patamar da pandemia, a situação mudou drasticamente. Se Manaus (Amazonas), com o colapso do seu sistema de saúde, constituiu um alerta do que poderia ocorrer em outros estados, a situação hoje de São Paulo (São Paulo) é um alarme do quanto esta crise pode ser mais profunda e duradoura do que se imaginava até então", apontaram os pesquisadores.

Yahoo Notícias

 


Enquete
Em pleno pico da pandemia, você acha correto as aulas presenciais em União dos Palmares
Total de votos: 340
Google News