25/09/2020 22:01:45

Polícia
02/08/2020 06:00:00

Operação Grande Familia desarticula grupo criminoso envolvido em diversos crimes em Penedo e região

Mais da metade dos presos possuem grau de parentesco; policiais apreenderam ainda diversos materiais


Operação Grande Familia desarticula grupo criminoso envolvido em diversos crimes em Penedo e região

A operação integrada, envolvendo a Secretaria da Segurança Pública (SSP), unidades da Polícia Militar e da Polícia Civil, deflagrada nesta sexta-feira (31) em Penedo e Garanhuns, foi batizada de Grande Família e resultou na prisão de 22 pessoas. O que chamou a atenção foi o fato de 18 pessoas presas possuírem grau de parentesco.

O secretário Lima Júnior parabenizou as equipes envolvidas na operação e destacou a importância do trabalho realizado, que sem dúvidas irá contribuir para reduzir os crimes na região do Baixo São Francisco. “Vários homicídios ocorridos naquela região foram cometidos por esta organização criminosa, que visava expandir suas atividades. Mais uma vez conseguimos tirar de circulação estes criminosos. Outro fato que chama a atenção é o número de mulheres presas. Esta semana deflagramos a segunda fase da Operação Flashback e um dos núcleos era composto por mulheres. Fica evidente que infelizmente as mulheres estão cada vez mais se envolvendo em práticas criminosas”, disse.

O delegado Gustavo Henrique, diretor da Divisão Especial de Investigações e Capturas (DEIC) explicou que os líderes da organização criminosa são alagoanos, mas foram presos em Garanhuns (PE). Eles comandavam o grupo à distância e tentavam evitar serem presos, já que um deles possuía mandado de prisão em aberto, expedido pela Justiça do Estado de Sergipe.

Foram apreendidos R$ 16 mil em espécie, que a investigação acredita ser fruto do tráfico de drogas. As polícias também apreenderam uma motocicleta, um carro, diversos celulares, drogas, munições, um revólver calibre 38 e um notebook.

O comandante da Polícia Militar, coronel Marcos Sampaio, destacou que apesar da pandemia, a Segurança Pública segue combatendo o crime em Alagoas. Ele destacou que a operação contou com a participação de cinco unidades da PM, que foram fundamentais para que quase todos os alvos fossem capturados.

Já o subcomandante do 11º Batalhão, major Antônio Leal, disse que a unidade vinha notando o crescente aumento da criminalidade em alguns bairros de Penedo e os levantamentos feitos apontaram o envolvimento das pessoas presas hoje nestes crimes. “Conseguimos tirar de circulação estas pessoas e acreditamos que teremos um resultado muito positivo, com a redução de crimes no município e na região. Aproveito para agradecer o apoio da Secretaria da Segurança Pública, o comando da Polícia Militar e a Polícia Civil pela parceria em mais esta operação exitosa”, completou.

A população pode colaborar com o trabalho da Segurança Pública e repassar informações sobre esta e outras organizações criminosas, por meio do Disque Denúncia 181. A ligação é gratuita e o sigilo garantido.

A operação

A operação foi coordenada pelos delegados Gustavo Henrique, diretor da DEIC, e delegado Gustavo Xavier, delegado regional de Penedo, além do tenente-coronel Silva Júnior, comandante do 11º batalhão e cumpriu 23 mandados de prisão de 25 de busca e apreensão, expedidos pela 17ª Vara Criminal da Capital, que foram representados pela DEIC.

Participam do cumprimento dos mandados policiais civis da DEIC, do Tático Integrado de Grupos de Resgates Especiais (TIGRE), da Asfixia e da 7ª Delegacia Regional de Penedo. Já a Polícia Militar participou da operação com militares dos 3º e 11º batalhões, da 1ª Companhia Independente, além dos Batalhões de Trânsito (BPTran) e Rodoviário (BPRv). A 134ª Delegacia de Polícia de Garanhuns apoiou as equipes da Polícia Civil de Alagoas no cumprimento dos mandados na cidade.

O Dia Mais

 



Enquete
Abaixo elencamos 7 chapas que devem concorrer as eleições municipais em União dos Palmares. Qual delas você prefere?
Total de votos: 3261
Google News