09/07/2020 16:58:29

16/07/2009 00:00:00

Municipios


Municipios

com agênciaalagoas // wadson correia

Um encontro entre o prefeito de Mata Grande, Jacob Brandão e o secretário adjunto da Agricultura e do Desenvolvimento Agrário, José Marinho Júnior e técnicos da secretaria estabeleceu o fortalecimento da agricultura familiar no município do Sertão de Alagoas que reuniu a maioria dos agricultores do município.

No evento foi apresentado o resultado das principais ações da Seagri em benefício da agricultura familiar em Mata Grande, a primeira cidade sertaneja de Alagoas a receber recurso oriundos para a agricultura.

Segundo José Marinho, o encontro serviu ainda para firmar uma parceria com a prefeitura de Mata Grande. “Essa já é uma conseqüência do que foi concebido pelo Fórum Alagoano de Secretários de Agricultura, realizado nos dias 6 e 7 de julho, que preconiza a ação conjunta entre Estado e municípios”, disse ele.

Graças ao empenho do prefeito, Mata Grande passou a ser pela primeira vez em sua história, um dos municípios alagoanos que contará com  beneficios do Programa de Incentivo à Produção e ao Consumo de Leite, uma parceria da Seagri e do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS). Pelo programa, serão construídos três tanques de resfriamento e armazenamento de leite no município, beneficiando cerca de 200 famílias de pequenos produtores. Juntos, esses tanques poderão armazenar até 6 mil litros de leite por dia. Os tanques serão construídos em Santa Cruz do Deserto, São José e Jaburu.

“A associação ficará responsável pela administração do tanque e, para isso, iremos capacitar os produtores em associativismo e cooperativismo”, informa a superintendente de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural, Rita de Cássia. Segundo ela, o valor destinado para a construção desses três tanques de resfriamento é de R$ 150 mil. “Ao todo, o programa prevê a construção de 17 tanques como esses em 14 comunidades em todo o Estado”, lembra a superintendente.

Para o secretário de Agricultura e Meio Ambiente de Mata Grande, José Iran, a construção dos tanques e a formação da associação vai abrir as portas do mercado consumidor para o leite produzido no município. “É por meio da associação que nós poderemos nos cadastrar no Programa do Leite e, assim, ter a compra garantida e o preço justo”, argumenta o secretário, segundo o qual os animais criados lá têm boa qualidade genética com alta produtividade de leite.

O município de Mata Grande já é um dos beneficiados pelo Programa de Aquisição de Alimentos na Modalidade Especial Leite. Todos os dias, 506 famílias do município recebem um litro de leite. “Isso é importante para ajudar a garantir segurança alimentar e o combate à desnutrição infantil”, destaca a superintendente Rita de Cássia.

Em Alagoas, o programa beneficia diariamente 53 mil famílias que tenham pelo menos uma criança com idade entre seis meses e seis anos ou um idoso com mais de 60 anos, seja ele aposentado ou não.

Para ajudar os agricultores a armazenar água para o consumo nos longos períodos de estiagem na região sertaneja, onde fica Mata Grande, o município será beneficiado com a construção de 90 cisternas. A ação faz parte do Programa de Infraestrutura Hídrica, por meio de uma parceria entre a Seagri e o MDS. Segundo a superintendente Rita de Cássia, a construção será realizada pela Cooperativa dos Bancos Comunitários de Sementes (Coopabacs).

Os pequenos agricultores de Mata Grande também foram beneficiados com a distribuição de sementes. Eles receberam sementes de feijão (3.760 quilos), milho (3.760 quilos), algodão (500 quilos) e sorgo (100 quilos). Cada família recebeu até 10 quilos de sementes. De acordo com o secretário de Agricultura e Meio Ambiente do município, as principais culturas agrícolas do local são, além do feijão, do milho e do algodão, a mandioca, hortaliças e a cana-de-açúcar.

Já estão assentadas 23 famílias do município que aderiram ao Programa de Crédito Fundiário. Elas adquiriram a Fazenda Arapuã. Para a compra da terra, foi liberado um recurso de R$ 212.819 mil e, para a construção das casas e das instalações, elas obtiveram R$ 201.181 mil.

Ainda de acordo com Rita de Cássia, o escritório da Seagri em Mata Grande, cuja equipe técnica conta um veículo, deverá receber duas motos e computadores para reestruturação do serviço de assistência técnica.

Jacob Brandão disse que os novos investimentos que contemplam os agricultores, é apenas o começo de sua luta pela melhoria do povo matagrandense.

O prefeito declarou ainda que tem projetos para outras áreas a exemplo da barragem do Morro Vermelho, pleito antigo da comunidade do povoado, que depende da pesca do peixe e do camarão.

"Determinei que técnicos da prefeitura fizessem um estudo para saber-mos qual seria o peixe que melhor se adaptaria a água da barragem e muito em breve os moradores do Morro Vermelho estarão recebendo milhares de alevinos (peixes), a fim de poderem ter seu sustento e manter suas famílias", disse o prefeito da cidade.  


Enquete
Você acredita no numero de mortos por Covid-19 divulgado pelo governo?
Total de votos: 183
Google News