09/07/2020 17:15:40

15/07/2009 00:00:00

Municipios


Municipios

com assessoria //

Quase mil pessoas participaram na sexta-feira, 10 de julho, das reuniões realizadas pela 5ª Superintendência Regional da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) em Carneiros e Jaramataia, no sertão alagoano, para discutir as obras de esgotamento sanitários que terão início nos próximos dias nesses municípios. As obras fazem parte do Programa de Revitalização da Bacia do Rio São Francisco com recursos de cerca de R$ 8 milhões do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) do Governo Federal.

O objetivo das reuniões com a população dos municípios foi tirar dúvidas sobre as obras de esgotamento sanitário. “Quando temos uma população esclarecida sobre o que serão essas obras que acontecerão em seu município, conquistamos aliados. Dessa forma, reunimos carneirenses e jaramataineses para explicar como será realizada a construção e suas fases, o que evitará dar uma grande dimesão aos transtornos que obras como essa geralmente causam, como a interrupção de ruas e a grande quantidade de poeira”, explicou Antônio Nelson de Azevedo, superintendente regional da Codevasf em Alagoas.

CARNEIROS

A primeira reunião foi realizada em Carneiros e teve início às 10h30. Um carro de som da prefeitura municipal convidou a população para o encontro, que lotou a Câmara de Vereadores do município com cerca de 300 pessoas, sentadas e muitas em pé na porta do prédio. Como o espaço não seria suficiente para acomodar todos os interessados, a prefeitura posicionou o carro de som na praça central da cidade em frente à câmara, também lotada pela população, para que todos pudessem acompanhar os debates.

“Nossa cidade vai melhorar 100%. Vai acabar a imagem feia de esgoto a ceú aberto. Também espero que as doenças causadas pelo esgoto desapareçam”, comemorou Dirceu Silva, morador de Carneiros há sete anos.

Na reunião, o superintendente regional da Codevasf foi questionado por vereadores sobre o trabalho da construtora Duarte Carvalho Empreedimentos, que será responsável pelas obras nos dois municípios. O questionamento fez uma comparação com outras cidades que também estão recebendo obras de esgotamento sanitário e que tiveram problemas com sua execução. “A população pode ficar tranquila, pois os procedimentos de fiscalização de obras foram aperfeiçoados. Caso ocorram problemas na execução das obras, a empresa responsável poderá, inclusive, ser impedida de trabalhar novamente em obras públicas”, esclareceu Antônio Nelson de Azevedo.

O prefeito de Carneiros Geraldo Filho parabenizou a Codevasf e a bancada federal de Alagoas no Congresso Nacional pelas obras e convidou os jaramataineses a contribuirem com a implantação do esgotamento sanitário na cidade.

A reunião também foi acompanhada pelos deputados federais Givaldo Carimbão, Carlos Alberto Canuto e Francisco Tenório, pelo deputado estadual Antônio Albuquerque, vereadores, secretários municipais, entre outras autoridades.
JARAMATAIA
Já em Jaramataia, a reunião teve início às 15h30 no Clube Cultural Beto Barreto (CCBB) e reuniu cerca de 600 pessoas. O espaço também não deu conta do grande número de interessados, que tiveram que ouvir os esclarecimentos do lado de fora do clube por meio de um carro de som.
A utilização de trabalhadores locais nas obras de esgotamento sanitário e a recuperação ambiental do açude do DNOCS, que banha o município, também foram destaques na reunião. “Essas obras vão melhorar a saúde da população, principalmente das crianças de Jaramataia. Elas vão poder viver com mais qualidade no futuro. Também quero ver o açude do DNOCS melhorado e confio na geração de emprego para a população”, declarou José Adilson dos Santos, jovem jaramataiense desempregado.

A mesmo opinião foi compartilhada pelo prefeito de Jaramataia João Pinheiro, que comemorou o saneamento de todo a sede do município.
Também participaram da reunião, os deputados federais Givaldo Carimbão e Francisco Tenório, vereadores, secretários municipais, entre outras autoridades.

 



Enquete
Você acredita no numero de mortos por Covid-19 divulgado pelo governo?
Total de votos: 183
Google News