12/08/2020 18:04:39

Economia
13/06/2020 09:00:00

Solicitações de seguro-desemprego em AL cresceram 45%


Solicitações de seguro-desemprego em AL cresceram 45%

O número de pedidos de seguro-desemprego em Alagoas avançou 45% na passagem de abril para maio, segundo levantamento divulgado na última terça-feira (9), pelo Ministério da Economia. Em meio à pandemia do novo coronavírus, os números de pedidos do benefício saltaram de 5.687 para 8.247 entre os dois meses. 

Na comparação com março do ano passado, requerimentos do seguro-desemprego no Estado avançaram 15%. De acordo com os dados do Ministério da Economia, o setor de serviços foi o que mais registrou pedidos do benefício, com 49% do total. Em números absolutos, foram 4.091 desempregados em busca do seguro. Em seguida, aparecem o comércio, com 2,19 mil pedidos, e indústria, com 890 requerimentos.

Do total de pedidos, 3.063 deles estavam enquadrados numa faixa salarial entre um e 1,5 salários mínimos. Em seguida, aparecem os trabalhadores entre 1,51 e 2 salários mínimos, com 2.580 requerimentos. A faixa entre 2,1 e 3 salários mínimos aparece em terceiro lugar, com 1.242 pedidos do seguro.

Em maio, o Governo desembolsou R$ 24,6 milhões para pagamento do seguro-desemprego em Alagoas. Os recursos foram distribuídos em 20,3 mil parcelas, o que confere um valor médio de R$ 1,21 mil para cada segurado. 

Em todo o País, foram contabilizados 960,2 mil pedidos para o benefício em maio. O número representa um aumento de 53% na comparação com o mesmo mês do ano passado, quando foram feitos 627,7 mil requerimentos. Na comparação com abril, o avanço foi de 28,3%. 

No período, os três estados com maior número de requerimentos foram São Paulo (281.360), Minas Gerais (103.329) e Rio de Janeiro (82.584).

Jornal de Alagoas



Enquete
Qual o candidato de sua preferência para a Prefeitura de União dos Palmares?
Total de votos: 8655
Google News