04/08/2020 08:38:49

Saúde
10/06/2020 17:00:00

Associação dos Municípios Alagoanos solicita contratação de médicos cubanos


Associação dos Municípios Alagoanos solicita contratação de médicos cubanos

Devido a pandemia do novo coronavírus e o grande número de profissionais da saúde que estão sendo contaminados, os Hospitais e Postos de Saúde estão ficando com baixo número de profissionais. Preocupados com a situação das cidades de Alagoas, a Associação dos Municípios Alagoanos (AMA) protocolou no gabinete Civil do Estado, nesta terça-feira, 09, o pedido ao governador Renan Filho para a contratação temporária de médicos cubanos.

Os prefeitos sugerem que Renan Filho faça como o governador do Pará, onde 86 médicos cubanos irão reforçar o atendimento aos pacientes contaminados.

De acordo com a presidente da AMA, a dificuldade de contratação de médicos é grande e os valores de plantões praticamente dobraram impedindo aos municípios de competir com a rede estadual e particular. O valor para plantão de 24 horas pago antes da pandemia que era de R$ 2.600,00 está custando hoje, em média, R$ 4.500,00.

Em Alagoas, 35 profissionais cubanos não regressaram e podem ajudar à população das cidades. A Confederação Nacional dos Municípios- CNM- também está apresentando aos deputados federais a minuta de um projeto de lei autorização legal para a contratação de profissionais médicos que participaram do Programa Mais Médicos ou do novo Programa Médicos pelo Brasil de forma direta pelos Municípios.

Diante do atual cenário de enfrentamento a pandemia pela Covid-19, a “porta de entrada” e linha de frente no atendimento aos suspeitos e vítimas do novo coronavírus são as Unidades Básicas de Saúde (UBS), Unidades de Saúde da Família (USF) e Unidades de Pronto atendimento (UPA), as quais se encontram em sua maioria sob gestão Municipal. O déficit e as dificuldades para contratação e fixação de profissionais médicos nos pequenos e médios municípios, e aqueles mais distantes dos grandes centros urbanos, é uma realidade que precisa ser enfrentada.

Segundo a presidente , muitos gestores devem oficializar ao Ministério Público a situação nas cidades, tendo em vista que hospitais e municípios passarão por dificuldades em manter a estrutura de saúde em funcionamento com falta de médicos. 

Já é Notícia



Enquete
Qual o candidato de sua preferência para a Prefeitura de União dos Palmares?
Total de votos: 1298
Google News