10/08/2020 08:47:23

Especial
07/06/2020 20:00:00

Joice Hasselmann é acusada de produzir fake news contra bolsonaristas


Joice Hasselmann é acusada de produzir fake news contra bolsonaristas

Dois ex-funcionários da deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP) acusam a parlamentar de usar sua equipe de gabinete para criar e disseminar notícias falsas e ataques contra adversários políticos.

Os principais alvos, segundo a dupla, seriam desafetos criados após a ruptura da ex-líder do governo com o presidente Jair Bolsonaro e incluiriam as colegas de parlamento, Bia Kicis (PSL-DF) e Carla Zambelli (PSL-SP), além dos filhos do presidente, o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) e o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP).

Em entrevista à CNN Brasil, sem revelar sua identidade, os dois afirmaram que funcionários eram cobrados a fazer 'montagens de vídeos', 'criar narrativas' e 'alimentar perfis falsos' nas redes sociais, supostamente monitorados pela própria parlamentar.

A reportagem mostrou ainda trocas de mensagens atribuídas à deputada, nas quais ela pede que uma assessora 'coloque todos os perfis para trabalhar no Twitter fazendo comentários positivos' sobre sua pré-candidatura à prefeitura de São Paulo. Na conversa, ela ainda teria repreendido a funcionária por ter criado 'apenas' um perfil falso, e emenda: 'falei para você fazer vários'.

A assessora relata dificuldade em criar os perfis devido à exigência de vinculação das contas a números de telefone. Em conversa com outro funcionário, sugere o uso de CPFs falsos para cadastrar os chips de celular e criar contas ilícitas nas redes sociais.

Em outros áudios, Joice Hasselmann pede que a assessora crie uma hashtag contra Bia Kicis e um vídeo afirmando que Carla Zambelli confirmaria ataques do 

governo contra o ex-ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro.



Enquete
Qual o candidato de sua preferência para a Prefeitura de União dos Palmares?
Total de votos: 7793
Google News