02/04/2020 00:48:52

Polícia
02/02/2020 05:00:00

Mais um taxista é detido por divulgar localização de blitze pelo WhatsApp

De acordo com o BPRv, suspeito foi levado para a Central e autuado em flagrante


Mais um taxista é detido por divulgar localização de blitze pelo WhatsApp

Mais um taxista suspeito de repassar informações sobre operações de trânsito por meio de um aplicativo de mensagens foi preso, na manhã deste sábado (1º), em Maceió. Ele foi levado para a delegacia e autuado em flagrante.

É o segundo taxista preso em menos de uma semana pelo mesmo motivo. De acordo com o tenente-coronel Liziário Júnior, comandante do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv), os dois administraram um grupo no WhatsApp que tinha a finalidade de divulgar onde estavam acontecendo as blitze nas rodovias e nas vias urbanas da capital, o que se configura um crime.

O profissional foi abordado na região central da cidade por agentes da Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT) e militares do Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran). Ele fazia transporte ilegal de passageiros (lotação) quando foi parado pelas guarnições.

Segundo o Liziário Júnior, ele admitiu fazer parte do grupo de mensagens e ter gravado alguns áudios repassando a localização das operações de trânsito.

Na última quarta-feira, um taxista foi preso em trecho da rodovia AL-101 Sul e levado para a Central de Flagrantes pela mesma suspeita. Após sair do município de Satuba em direção ao Trevo do Polo, em Marechal Deodoro, o taxista estava sendo monitorado e chegou a enviar, durante o trajeto, inúmeras mensagens informando sobre a presença ou não da polícia na estrada. 

Gazetaweb



Enquete
Mesmo com a obrigação dos governos estaduais e municipal de isolamento da população você concorda em trabalhar?
Total de votos: 290
Google News