31/03/2020 10:23:35

Atualidade
28/01/2020 11:00:00

Prazo para vistoria em vans escolares segue até o dia 31


Prazo para vistoria em vans escolares segue até o dia 31

Os motoristas que realizam o serviço de transporte escolar em Maceió devem ficar atentos ao prazo de vistoria dos veículos. Os condutores devem comparecer à sede da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) até o dia 31 de janeiro, das 8h às 14h, para se regularizarem junto ao Município e receberem o selo que permite a execução da atividade neste primeiro semestre de 2020.

Ao todo, 130 condutores são esperados neste primeiro semestre. “Não haverá prorrogação do prazo para as vistorias, por isso é imprescindível que os motoristas de vans escolares compareçam à SMTT e façam a vistoria semestral. Sem o selo que é concedido pela Superintendência, o profissional não estará apto para prestar o serviço em Maceió. É importante reforçar também que se o condutor for flagrado realizando a atividade sem estar regulamentado, ele será autuado por transporte clandestino e terá o seu veículo removido”, explicou o assessor técnico de Fiscalização e Vistorias, Sandro Feitosa.

Para realizar a vistoria, o motorista de van escolar deverá apresentar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) na categoria D, que permite que o condutor dirija um veículo acima de oito lugares. Além disso, é preciso também portar outros documentos pessoais, como a cópia da identidade, CPF, comprovante de residência atual, duas fotos 3×4, atestado recente de sanidade física e mental de no máximo três meses da data de expedição e a certidão criminal negativa da Justiça Federal e Estadual de Alagoas.

Na ocasião, o proprietário do veículo escolar também precisará apresentar a documentação do transporte utilizado, como o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV), o registro de velocidade do tacógrafo e pagar a taxa de renovação semestral no valor de R$ 141,68.

“Além da documentação exigida, o veículo do transportador escolar deverá possuir também cintos de segurança, trava interna de segurança nas portas, sensor de ré sonoro ou câmera de ré e estarem identificados com as faixas amarelas nas laterais e na traseira do veículo com o nome “ESCOLAR” na cor preta”, reforçou Feitosa.

Após a aprovação na vistoria, o condutor receberá uma identificação com o número da permissão para realizar o trabalho de transportador escolar, o selo de vistoria semestral e a carteira de permissionário ou auxiliar.

Ascom SMTT

Al1



Enquete
Mesmo com a obrigação dos governos estaduais e municipal de isolamento da população você concorda em trabalhar?
Total de votos: 282
Google News