07/04/2020 14:14:33

Polícia
28/01/2020 02:00:00

Policial militar que agrediu advogado com murro, deverá ser afastado


Policial militar que agrediu advogado com murro, deverá ser afastado

O colegiado do Conselho Estadual de Segurança (Conseg) decidiu pelo afastamento do policial militar Sebastião Cícero Oliveira Lins, acusado de agredir com um murro no rosto o advogado Kleriston Lincoln, que trabalhava na defesa de um cliente, preso por uma equipe da Polícia Militar (PM), na noite da quarta-feira 22.

Conforme o Conseg, o militar deve deixar os trabalhos de policiamento ostensivo para trabalhar no setor administrativo da PM. A decisão foi anunciada nesta segunda-feira 27.

Conforme o que foi denunciado ao Conseg, o advogado foi chamado até a Central de Flagrantes, no bairro do Pinheiro, onde o cliente estava preso, acusado de roubar uma moto. Lá, de forma exaltada, o policial não teria gostado quando o profissional perguntou a motivação da prisão e subitamente o agrediu, sendo contido por outro militar.

Por sua vez, conforme versão do policial, o advogado em nenhum momento teria se identificado.

Em nota, o presidente do Conseg, Kaká Gouveia, informou que o afastamento se deu para apurar se houve, ou não, exagero na conduta do militar.

"O suspeito já foi afastado, ficando, apenas, na parte administrativa. Isso deve levar cerca de 60 dias, tempo em que se apura se houve exagero em sua conduta quanto profissional", argumentou.

 Emergência 190

Redação, com Assessoria do Conseg



Enquete
Mesmo com a obrigação dos governos estaduais e municipal de isolamento da população você concorda em trabalhar?
Total de votos: 307
Google News