28/01/2020 03:19:34

Violência
06/12/2019 06:00:00

Bebê espancado em Arapiraca reascende discussão sobre violência contra crianças

Casos estão registrados nos relatórios mensais da Secretária de Segurança Pública


Bebê espancado em Arapiraca reascende discussão sobre violência contra crianças

O caso do bebê de um ano espancado pelo pai na cidade Arapiraca esta semana traz à tona a reflexão sobre casos de violência que envolvem crianças. Estes dados são coletados mensalmente pela Secretaria de Segurança Pública (SSP) do Estado e apontam que de janeiro a outubro deste ano, 0,05% dos crimes violentos, letais e intencionais (CVLI) envolvem menos de até 11 anos de idade.

Na capital, durante os dez primeiros meses do total de crimes violentos, 0,07% envolviam crianças, e na cidade de Arapiraca, os números são ainda maiores, foram 2,5% menores vítimas de violência.

Somente no mês passado, tivemos o caso da menina Maria Lorrany Santos Silva, de 7 meses de vida, que foi encontrada morta em 6 de novembro, supostamente, após cair da cama, também na cidade de Arapiraca. O padrasto foi preso como suspeito da morte.

O outro foi de um bebê recém-nascido encontrado morto sob a ponte que faz divisa entre os bairros Desvio e Pedra Velha, na cidade de Delmiro Gouveia.

E no mês de Outubro, o caso do menino Danilo Almeida assassinado no dia 11 de outubro após ser sequestrado no bairro do Clima Bom, em Maceió. O corpo do menino foi encontrado no outro dia com perfurações na cabeça e no pescoço.

O bebê de 1 ano espancado pelo pai que estava internado em estado grave no Hospital de Emergência Daniel Houly, em Arapiraca, foi transferido na noite da quarta-feira (4) para a UTI Pediátrica do Hospital Geral do Estado (HGE), em Maceió.

7 Segundos



Enquete
Em quem você votaria hoje para Prefeito de União dos Palmares ?
Total de votos: 1125
Google News