03/08/2020 08:39:49

Educação
05/12/2019 10:00:00

Depois do Pisa 2018, Weintraub diz que mudanças serão implementadas para melhoria do ensino no país


Depois do Pisa 2018, Weintraub diz que mudanças serão implementadas para melhoria do ensino no país

Dayana Vítor

Os estudantes brasileiros de 15 anos melhoraram em leitura, matemática e ciências no Programa Internacional de Avaliação de Estudantes de 2018 (Pisa). Mas, apesar desses avanços, o Brasil ocupa os últimos lugares da avaliação entre 79 países e regiões.

Apenas dois a cada cem alunos atingiram nota máxima em pelo menos uma das disciplinas analisadas. Esses são os principais resultados dos testes da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), divulgados nesta terça-feira (3).

As provas do Pisa foram realizadas em 2018, e a melhor média dos quase 11 mil estudantes brasileiros foi em leitura, depois em ciências e, por último, em matemática.

Mas, apesar disso, 50% dos participantes não têm conhecimento adequado de leitura. Outros 50% não sabem o conteúdo de ciências que deveriam. E quase 60% não possuem noções básicas de matemática.

Em entrevista coletiva, o ministro da Educação, Abraham Weintraub, afirmou que os dados referem-se a políticas de governos anteriores e que mudanças vão começar ano que vem.

Segundo ele, as principais políticas para a melhoria do desempenho dos estudantes vão partir do treinamento de professores para adotar a nova Política Nacional de Alfabetização, do aumento de vagas em creches, o ensino integral e as escolas cívico-militares.

Para o consultor legislativo da Câmara dos Deputados e ex-secretário de Educação do Ceará, Maurício Holanda, é necessário que os estudantes passem mais horas em sala de aula. E também, mais comprometimento das escolas e professores.

As provas do Pisa são aplicadas a cada três anos. A última avaliação contou com a participação de seiscentos mil estudantes de 79 países e regiões.

No Brasil, foram quase 11 mil alunos, de 638 escolas. As médias das escolas particulares e federais foram melhores que das públicas. Os alunos do Sul, Sudeste e Centro-Oeste tiveram notas maiores. Os países com as melhores notas no Pisa foram China e Singapura.

Agência Brasil



Enquete
Qual o candidato de sua preferência para a Prefeitura de União dos Palmares?
Total de votos: 12
Google News