22/01/2020 01:54:30

Atualidade
28/11/2019 18:00:00

Mais de 8 mil pessoas foram picadas por escorpião este ano

Vigilância Epidemiológica estima que número deve aumentar por causa do verão e recomenda cuidado redobrado


Mais de 8 mil pessoas foram picadas por escorpião este ano

Dados da Secretária de Estado da Saúde (Sesau) apontam que Alagoas registrou, de janeiro até outubro deste ano, mais de 8 mil casos de picadas de escorpião. O número vem crescendo, comparado a 2018, quando o Hospital Escola Dr. Hélvio Auto (HEHA), em Maceió, atendeu um total de 2.832 pessoas que foram picadas pelo animal.

Técnica de vigilância Epidemiológica e Controle de Zoonoses, Ana Paula alertou que o número deve aumentar no verão. “Estatisticamente esse é o período ideal para o aumento de acidentes por escorpiões, sendo assim, os cuidados devem ser redobrados”, disse ela, em entrevista à TV Gazeta. Ana Paula acrescenta que crianças, idosos, hipertensos e cardíacos devem redobrar a atenção com ataques do animal, pois são mais sensíveis ao veneno. Recomenda, ainda, que o calçar botas e sapatos, a pessoa deve observar se o escorpião não está ali, escondido. “Os cuidados devem ser tanto dentro quanto fora de casa. Internamente, se faz necessário o uso de telas nos ralos, pias e tanques. Também é bom afastar das paredes camas, berços e outros móveis. Antes de pendurar uma roupa no varal ou dobrá-las, sempre é bom bater antes. Já externamente, devemos ter cuidados com os entulhos. Se ver algum buraco, o ideal é não colocar a mão”, pontuou a especialista. Referência no tratamento de doenças tropicais, o HEHA explicou que, em regra, os casos no estado têm sido classificados como leves, quando os pacientes apenas se queixam de dores no local da picada.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), para conter a proliferação de escorpiões no verão, agentes de endemias devem percorrer vários bairros da capital a fim de orientar os moradores sobre o perigo, por exemplo, do acúmulo de entulho no quintal de casa.

ACIDENTES

Ainda de acordo com a pasta, a maioria dos acidentes com escorpiões é leve, com quadro de início rápido e duração limitada. Nessas situações, a pessoa apresenta dor imediata, vermelhidão, inchaço leve por acúmulo de líquido e sudorese localizada, com tratamento sintomático.

Gazeta de Alagoas



Enquete
Em quem você votaria hoje para Prefeito de União dos Palmares ?
Total de votos: 58
Google News