19/01/2020 20:47:50

Educação
21/11/2019 15:00:00

Escola de Coruripe é finalista em prêmio nacional


Escola de Coruripe é finalista em prêmio nacional

Entre 1.180 escolas inscritas no desafio Inova Escola 2019, à nível nacional, a Escola Municipal de Educação Básica Santa Terezinha, localizada em Coruripe, município do Litoral Sul de Alagoas, esteve entre as 25 finalistas com um projeto de inovação a ser aplicado na unidade educacional. O desafio reconhece planos colaborativos que fomentam a qualidade do ensino brasileiro e é apoiado pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco). O Inova Escola é realizado pelo programa ProFuturo, da Fundação Telefônica Vivo e Fundação Bancária la Caixa que premiou, entre as 25 finalistas, cinco escolas brasileiras; a alagoana não esteve entre as vencedoras do desafio — no entanto foi vencedora regional, representando o Nordeste do país — a escola foi aclamada pelo voto popular e recebeu um certificado pelo potencial de mobilização da comunidade escolar. Somente na região Nordeste houve 341 projetos inscritos, enquanto em todo o país o número de participantes foi de 1.250 equipes de educadores com projetos, de 1.180 escolas. Ainda de acordo com dados do projeto, houve representação de todos os estados brasileiros mais o Distrito Federal, totalizando, 763 municípios. A escola pública representou 90% do total de inscrições. Deste total, foram selecionados 25 finalistas das cinco regiões do Brasil que, além de concorrerem ao prêmio nacional, receberam voto popular. Foram vencedores os projetos de educadores nos estados de Maranhão, Pará, Pernambuco e Rio de Janeiro que receberão assessoria especializada por seis meses, a fim de realizar a implementação e avaliação do plano de inovação nas unidades de ensino. Cada projeto receberá apoio financeiro de até R$ 10 mil, além de intercâmbio com demais escolas inovadoras brasileiras. Entre os 25 finalistas, os vencedores regionais pelo voto popular foram: Equipe Santa Terezinha, da Escola Municipal Santa Terezinha, em Coruripe (AL), pelo Nordeste; Arteduca, da EE Professora Zeni Vieira, em Sinop (MT), pela região Centro-Oeste; Nenhum a menos!, da Escola Estadual Ministro Waldemar Pedrosa, em Parintins (AM), pela região Norte; Juntos somos mais fortes, da Escola Municipal de Ensino Fundamental Cândida Soares Machado, em Guarapari (ES), pela região Sudeste; e Urbano, da Escola Municipal de Ensino Fundamental Pe. Urbano Teixeira da Fonseca, em Guaramirim (SC), na região Sul.

O PROJETO

A equipe da escola do Litoral Sul de Alagoas, percebendo que o acesso à internet e tecnologia é uma realidade distante dos estudantes, propôs a inclusão digital na instituição ao considerar desde a conscientização e apoio dos pais e responsáveis até ao incentivo às práticas de tecnologias aplicadas em sala de aula. A professora responsável pelo projeto, que se destacou entre os mais de 4 mil inscritos, foi a Sheillane Regina dos Santos, que recebeu o auxílio de Adja Roberta da Silva Santos, Benielle Amorim da Silva, Flávia Silva Rocha, Jéssica Siqueira dos Santos, Luana Costa Cerqueira, Poliana da Silva Santos Ferreira e Vilma Fernandes Marques.

Gazeta de Alagoas



Enquete
Qual obra do Governo do Estado você prefere em União:
Total de votos: 74
Google News