20/11/2019 17:24:18

Alagoas
08/11/2019 03:00:00

Rui Palmeira visita a 9ª Bienal do Livro, em Jaraguá

A Prefeitura ainda discutiu inovação e economia durante Bienal


Rui Palmeira visita a 9ª Bienal do Livro, em Jaraguá

Ruas movimentadas por leitores e curiosos tem sido a rotina do bairro de Jaraguá desde a abertura da 9ª Bienal Internacional do Livro, no último dia 1º de novembro.

Na tarde desta quarta-feira (6), o prefeito Rui Palmeira visitou a feira literária e viu de perto o trabalho das secretarias e órgãos municipais envolvidas no evento, que ocorre até domingo (10), nas ruas do bairro de Jaraguá.

“Ficamos muito felizes por ver tanta gente interessada em literatura nesse formato democrático que foi montado aqui no Jaraguá. A Prefeitura é parceira da Universidade Federal de Alagoas na Bienal, e oferece o Vale-Livro a 6.800 estudantes da Rede Municipal. É muito importante estimular a leitura e essa iniciativa gera isso nas nossas crianças”. Rui Palmeira, prefeitura de Maceió.

A 9ª Bienal do Livro é uma iniciativa da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), por meio da Editora Universitária (Edufal). A Prefeitura de Maceió fez um investimento de cerca de meio milhão de reais.

“A Bienal aqui em Maceió é essencial para os leitores, pois, possibilita o acesso às obras que muitas vezes não encontramos nas livrarias. É fundamental estimular as crianças à leitura para que no futuro elas conheçam a nossa realidade e a Bienal promove isso aqui no Jaraguá”. Ronaldo de Alcântara, sociólogo.

Atrativo para as crianças: contação de história no estande da Semed. Foto: Ascom Semed

O Vale-livro, por exemplo, é uma iniciativa que oferece um crédito de R$ 15 para que os estudantes da Rede Municipal de Ensino da capital possam adquirir livros na 9ª Bienal Internacional do Livro de Alagoas. A Semed investiu mais de R$ 150 mil no projeto, que atende a quase 7 mil estudantes, nas modalidades de ensino fundamental, educação básica e Educação de Jovens, Adultos e Idosos (Ejai).

Inovação

A Prefeitura de Maceió iniciou, também nesta quarta, a terceira edição do Seminário de Desenvolvimento Econômico durante a 9ª Bienal Internacional do Livro de Alagoas.

Seminário de Desenvolvimento Econômico acontece no Misa, em Jaraguá. Foto: Átila Vieira Secom Maceió

O evento tem o objetivo de discutir sobre as formas de empreender e mostrar o que o Município faz para incentivar o empreendedorismo inovador. Gestores da Secretaria Municipal de Economia (Semec) e do Gabinete de Governança (GGOV) participaram da discussão na abertura do seminário.

Com o tema “Visões Compartilhadas – Colaboração e Desenvolvimento”, o seminário é direcionado a estudantes, pesquisadores, representantes da iniciativa privada e pública, e sociedade em geral. A programação acontece no Museu da Imagem e do Som de Alagoas (Misa) e vai até essa quinta-feira (07).

O secretário municipal de Economia, Fellipe Mamede, assegura que falar em cidades inteligentes é o diferencial do seminário deste ano.

“É um evento que está se consolidando na cidade de Maceió e que foi inaugurado na gestão do prefeito Rui Palmeira. É uma oportunidade para discutir com a sociedade o que estamos fazendo em prol do desenvolvimento econômico, da geração de emprego e renda na cidade. Além do que já é tradicional na economia, estamos trazendo o tema Cidades Inteligentes, Economia Criativa e Economia Circular. O seminário está com uma programação diversificada”. Fellipe Mamede, secretário municipal de Economia.

Fellipe Mamede, secretário de Economia, destaca novidade da edição. Foto: Átila Vieira /Secom Maceió


Enquete
Se a Eleição Municipal fosse hoje qual seria seu candidato preferido?
Total de votos: 2672
Google News