16/11/2019 21:15:54

Polícia
06/11/2019 23:59:00

Funcionário público é preso no interior por estupro de vulnerável


Funcionário público é preso no interior por estupro de vulnerável

O funcionário público Donizete Oliveira da Silva foi preso, nesta segunda-feira (4), suspeito de estupro de vulnerável. A Equipe do Centro Integrado de Segurança Pública (Cisp) de Igaci, em conjunto com a Polícia Militar de Coité do Nóia, cumpriu mandado que resultou na prisão do acusado. 

Segundo o chefe de serviço da Distrital, Daniel Pinto, o crime ocorreu em dezembro de 2018, contra uma menor de 3 anos de idade. Somente agora a criança conseguiu relatar para  mãe. 

"O ato, propriamente dito, ocorreu em dezembro do ano passado, mas a criança só veio dizer para a mãe e para a médica no mês passado, então a mãe procurou a polícia e a criança passou por exame de corpo de delito. Nós colhemos os depoimentos e, ao confirmar o estupro, agimos para a prisão", explicou Daniel Pinto.

Os mandados de Busca e Apreensão e de Prisão Preventiva contra Donizete foram solicitados porque, segundo Daniel Pinto, o acusado estava ameaçando a mãe da criança e as testemunhas do caso. "Ele estava ameaçando as testemunhas, então o juiz entendeu que o melhor seria decretar a prisão e determinou o mandado de busca e apreensão na casa dele", contou Daniel Pinto.

O chefe de serviço da Distrital também contou que o funcionário público da Prefeitura de Coité do Nóia possui antecedentes criminais. "Ele tem antecedente criminal de agressão corporal e ameaças. E existem indícios de que ele seja pedófilo, mas não é algo que possamos afirmar, são apenas comentários da população", explicou.

Gazetaweb

 

 
 


Enquete
Se a Eleição Municipal fosse hoje qual seria seu candidato preferido?
Total de votos: 2643
Google News