20/11/2019 01:42:31

Atualidade
15/10/2019 10:00:00

Mais de 30 porcos com peste suína já foram sacrificados em AL

Primeiro foco da doença ocorrido em Traipu amarga prejuízos para criadores em Alagoas


Mais de 30 porcos com peste suína já foram sacrificados em AL

descoberta do primeiro foco de peste suína ocorrido no município de Traipu - a 190 km de Maceió - já soma prejuízos para os criadores de suínos em Alagoas. Até o momento, 32 porcos foram abatidos no estado, uma propriedade já foi interditada, além da proibição de trânsito de suínos. Segundo o presidente da Agência de Defesa e Inspeção Agropecuária de Alagoas (Adeal), Carlos Mendonça, o estado nunca foi considerado zona livre da doença.

A doença não traz riscos para os seres humanos, no entanto, é bastante contagiosa para os animais que têm contato com outro que esteja contaminado. 

 

Pelo menos, 28 visitas foram feitas pelos técnicos em uma área de até 10 km do município onde o foco foi descoberto. O objetivo é encontrar novos casos da doença e, dessa forma, abater os animais, conforme a legislação. Ao todo, 55 mil suínos são criados em todo o estado. 

A economia de Alagoas também gera preocupação. "A carne consumida não atinge o ser humano de forma alguma, mas é uma doença que gera uma grande preocupação para a classe produtora, já que os animais precisam ser abatidos", disse Mendonça.

O foco da doença foi encontrado, por enquanto, somente em Traipu. O último caso foi registrado em 1994, porém, Alagoas nunca foi considerada zona livre da doença. Se houver suspeita de algum animal estar apresentando a doença, a Adeal deverá ser notificada para ir ao local.

Gazetaweb


Enquete
Se a Eleição Municipal fosse hoje qual seria seu candidato preferido?
Total de votos: 2660
Google News